Rio Mearim sobe muito e expulsa as famílias das suas casas na cidade de Pedreiras

 

O Rio Mearim subiu e está invadindo as casas

A Defesa Civil informou que nas últimas horas o nível do Rio Mearim subiu bastante na cidade de Pedreiras. Na quinta-feira da semana passada a medida era de 3,18 metros; já nesta quinta-feira era de 5,99. Nesta sexta-feira (30/03) subiu ainda mais, passando a 6,46 metros de água, o maior volume registrado neste ano.

Somente nos últimos dois dias, houve 94 centímetros de alta das águas do Rio Mearim que não subia tanto á muitos anos. Com isso, a Equipe de Emergência das Enchentes de Pedreiras, formada pelos secretários e assessores municipais, Defesa Civil e outros órgãos, iniciou imediatamente o trabalho de assistência à população ribeirinha da cidade.

Algumas famílias começaram a ser transferidas para abrigos devidamente preparados pela Prefeitura de Pedreiras e Defesa Civil, contando ainda com serviços de transporte, cestas básicas de alimentos e todo o acompanhamento necessário. Em torno de 20 famílias já foram deslocadas, a maioria delas para a Escola Naíse Trindade, outras estão na casa de familiares.

Os moradores alugam caminhões para levar os móveis

Nada de pânico

Embora a situação requeira cuidados, é necessário ressaltar que não há motivos para pânico, pois todo o trabalho está sendo feito pela equipe, desde o acompanhamento até o atendimento aos atingidos pelas cheias do Mearim. Algumas famílias já estão abrigadas, mas outras estão aguardando se as águas ainda subirão para desocuparem suas casas.

José Martins, da Defesa Civil falou que todos os esforços estão sendo feitos para atender aos atingidos pela enchente. “Estamos desde a madrugada de hoje trabalhando e todos já estão colocados nos abrigos, e pelo nosso acompanhamento, de hoje para amanhã a previsão é de menos de chuvas. A tendência é ainda subir um pouco, mas nos próximos pode voltar a baixar”, disse.

Muitos ribeirinhos perderam móveis e eletrodomésticos

O coordenador da equipe, José Wilson (Fifa) explicou as ações em favor dos desabrigados pelas enchentes avisou o seguinte à população em geral: “quem precisar e não encontrar alguém da equipe por perto, é só nos procurar no QG montado da Secretaria de Assistência Social, na Praça do Jardim, ou ligar para o telefone 98234-8369, que estamos 24 horas de prontidão”, afirmou.

A Defesa Civil está ajudando os ribeirinhos

Com informações do Blog do Sandro Vagner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *