Delegado de Esperantinópolis é preso acusado de vender motos apreendidas

A Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção (Seccor) deu cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor do delegado da Polícia Civil da cidade de Esperantinópolis e ex-candidato a vereador no município, Idaspe  Perdigão Freire Junior.

Segundo a polícia, o delegado é suspeito de se beneficiar nas vendas de motocicletas que ficavam apreendidas no pátio da Delegacia de Esperantinópolis, na qual é titular. Além disso, também é  suspeitos de receber  dinheiro de parentes de presos, em troca da liberdade dos mesmos.

No dia 17 de julho do corrente, a Seccor havia dado cumprimento a dois mandados de prisão preventiva em desfavor do carcereiro Raimundo da Silva Barros e de Ronaldo de Sousa Santos, também servidor da prefeitura de Esperantinópolis.

Candidato a vereador

As investigações continuaram para apurar a participação de outros envolvidos nos crimes e hoje, uma equipe chegou a cidade de Esperantinópolis e conduziu Dr. Perdigão. O delegado será levado diretamente pra São Luís.

O delegado Perdigão é de Barra do Corda, cidade onde já foi candidato a vereador nas duas últimas eleições municipais. Ele não logrou êxito, mas conquistou uma grande votação. No último pleito, concorreu pelo PCdoB.(Blog do Carlinhos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *