Cliente pendura Frontier em protesto contra uma concessionária da Nissan

Um carro suspenso em uma das principais avenidas de Belo Horizonte. Parece inusitado, mas aconteceu na manhã de quinta-feira (9) em plena Antônio Carlos, na altura do bairro São Francisco, na região da Pampulha, como forma de protesto.

O veículo foi içado durante um protesto da locadora de carros Locamix. A empresa mineira relata que comprou uma pick-up modelo Frontier 2.5 SL 4X4, que apresentou problemas em dezembro de 2017, com pouco tempo de uso.

Após o envio para a assistência, o orçamento do conserto teria ficado em mais de R$ 82 mil, segundo a locadora. O preço cobrado no site da fabricante Nissan pelo modelo, ano 2018, é R$ 152 mil. “Depois de ficar sem o veículo durante três meses e ter o enviado para revisão na Bahia, na Concessionária Jade Nissan de Vitória da Conquista, a Locamix não conseguiu o atendimento que esperava e nem a solução do problema”, reclamou.

A locadora afirmou ter questionado sobre a garantia do automóvel, mas “só tivemos respostas evasivas, além de informarem que não há concessão de garantia por motivo de uso severo e por falta de revisão”. A Locamix garantiu, contudo, que todas as revisões foram feitas nas concessionárias Nissan “de acordo com as orientações dos consultores e obedecendo as marcações de retorno das etiquetas afixadas no para-brisa do veículo”.

Ocorrência

A cena do carro suspenso não durou muito tempo, já que a Polícia Militar foi acionada e ordenou que o veículo fosse retirado nos ares. Apesar do pouco tempo de exposição, o caso despertou a atenção de quem passou pelo trecho. (Jornal Hoje em Dia) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *