GRAJAÚ! Jovem é achado degolado no antigo aeroporto, no setor da Expoagra

A Polícia Militar (PM) de Balsas informou que um jovem identificado como Weslley Sousa, de apenas 18 anos, foi encontrado na manhã desta quinta-feira (27/09), morto a golpes de faca no pescoço dentro do antigo aeroporto da cidade, no setor da Expoagra.

Segundo informações da Polícia Militar, este já é o terceiro crime com as mesmas características de degolamento em menos de quatro meses no setor da Expoagra. A polícia continua fazendo as investigações para identificar e prender o autor do bárbaro crime.

O irmão da vitima levanta suspeitas que Weslley foi morto por acertos de contas, pois ele teria se envolvido em uma briga em uma aldeia, e teria recebido ameaças de morte.  O velório do jovem aconteceu no bairro Nova Grajaú, o popular “Quem Dera”. (De Olho em Grajau)

Daniella Tema é recepcionada com grande carreata em Luís Domingues

Faltando pouco mais de uma semana para a eleição, a candidata a deputada estadual pelo Democratas (DEM), Daniella Tema, cumpre uma agenda de campanha exaustiva na tentativa de visitar os quase 50 municípios onde é apoiada.

Na terça-feira (25), uma das cidades visitadas foi Luís Domingues, onde Daniella foi muito bem recepcionada pela população do município, com uma carreata que percorreu as principais ruas. .

A extensiva manifestação comprovou a força de Daniella na cidade de Luis Domingues, deixando claro que sua boa votação não será mais surpresa para ninguém.

A força da Daniella é fruto da simplicidade e da união dos seus apoiadores, como Dona Bia, vereador Cupu, Ismael, Professor Luís, Professor Mundico, Nevo, Nadja, Professor Genílson, Professor Elsileia, Herbeth, Zeca Paiva e Antônio Leite.

Para observadores atentos ao que ocorre na política do Estado do Maranhão, Daniella Tema só aumenta a certeza que a vitória está próxima e é certa, pois o povo acredita na candidata.

Victor Mendes declara apoio a Othelino Neto durante grande evento em Pinheiro

O deputado federal Victor Mendes (MDB) declarou apoio à reeleição do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), durante encontro que aconteceu, na noite de terça-feira (25), no TDB Eventos. Centenas de pinheirenses participaram do ato de campanha que selou a união das duas forças em prol do município.

O deputado federal Victor Mendes, que também concorre à reeleição, ressaltou a parceria em prol do município com Othelino Neto. “É um homem íntegro, que sempre respeitou a nossa história e nossa honra e isso é um bom sinal. Ele tem vários trabalhos prestados em Pinheiro, por isso nós decidimos somar forças para trabalharmos juntos pelo povo de Pinheiro”, explicou.

O encontro evidenciou maturidade política na união de forças em benefício do município, considerado a “Princesa da Baixada” . “Sinto-me em casa sempre que venho a Pinheiro, a cidade natal da minha esposa Ana Paula. Eu e Victor Mendes somos  de diferentes grupos políticos, mas não somos adversários da cidade. Muito me honra o carinho da população e saberei retribuir esse apoio”, ressaltou Othelino.

Trabalho reconhecido

Durante o encontro, várias lideranças municipais lembraram as melhorias  adquiridas com o trabalho do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, como a indicação de pavimentação asfáltica, ambulância e recursos para o hospital regional.

Com a proximidade do dia das eleições, Othelino Neto tem intensificado, cada vez mais, as atividades de campanha nas bases aliadas. Por onde passa, o parlamentar conquista o carinho e apoio dos maranhenses.

Na Baixada Maranhense não tem sido diferente. Na região, Othelino Neto tem ganhado mais destaque em respostas ao trabalho parlamentar de ação municipalista que vem realizando, levando grandes melhorias aos municípios.

Além de Pinheiro, Othelino Neto já passou por Santa Helena, Presidente Sarney, São Bento, Peri-Mirim, Monção, Penalva, São Vicente Ferrer e Conceição do Lago Açu Para os próximos dias, Othelino tem agendas confirmadas ainda para Bequimão, Mirinzal, Monção, Santa Helena e São Bento.

CODÓ! Idosa vai regularizar o título de eleitor no cartório e acaba sendo presa por tráfico de drogas

Uma idosa de 61 anos de idade foi presa ao tentar atualizar o título de eleitor no cartório eleitoral de Codó. A mulher, identificada como Maria Helena Conceição, é acusada de tráfico de drogas.

De acordo com a polícia, a prisão foi feita em cumprimento a um mandado judicial em Santo Antônio dos Lopes, município onde Maria nasceu e morava antes de se mudar para Codó.

Em Codó, a idosa estava morando no bairro Nova Jerusalém. Na 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó, a mulher alegou inocência, mas não soube explicar por qual motivo está sendo acusada de tráfico de drogas. (Marcos Sliva)

VÍDEO: Travesti fica contra Bolsonaro e quase morre de apanhar no interior do Piauí

O caso teve várias manifestações de repúdio e causou polêmica

A travesti Netinha Matias, de 40 anos, foi brutalmente espancada por dois apoiadores do candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), dentro de sua residência na cidade de Sigefredo Pacheco, no Norte do Piauí. O vídeo em que ela aparece toda ensanguentada circula nas redes sociais e a vítima relata que agressões foram motivadas por desavenças políticas.

“Eu disse para eles que não votava no Bolsonaro e que eles iam acabar me batendo, igual está fazendo hoje… sou uma boa pessoa”, completou a vítima, com rosto ensanguentado.

Ela relata ainda quem foram os agressores, ao ser questionada por uma mulher. “Quem lhe bateu?”, perguntou. Em seguida Netinha responde, “foi o Pedro, que é de maior e outro que vai fazer 18 anos daqui quatro meses”, disse sussurrando.

Nas redes sociais, Netinha Matias se representa contra candidatura de Jair Bolsonaro e compartilha campanha #EleNão. Netinha é bastante querida na região. O caso teve várias manifestações de repúdio e causou polêmica nas redes sociais.

É muito triste e revoltante ver o silêncio da população com uma coisa injustificável, aliás, silêncio até certo ponto, pois para julgar a vítima existem muitos”, disse uma amiga.

“Gostaria que as pessoas educassem seus filhos para não ocorrer mais esse tipo de coisa, que o desrespeito para com a vida de pessoas LGBTQ  não fosse mais uma realidade no nosso país, e que hoje é tão presente aqui em Sigefredo Pacheco”, relatou outra.

A polícia de Sigefredo Pacheco já prendeu os acusados e foram encaminhados para Delegacia de Campo Maior para realização de procedimentos legais. Eles negaram que tivesse ligação com preferência política e sim porque o travestir andava espalhando que tinha um caso amoroso com os dois.

Confira o vídeo: 

Fonte: Meio Norte

Presa em Brasília mulher que matou vizinha a facadas em Paço do Lumiar

A Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em operação conjunta com a Polícia Civil do Distrito Federal, através do CHPP, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de Rosângela Silva Santos.

Rosâangela é acusada de assassinar, a facadas, Maria José Silva, sua vizinha. O crime ocorreu no dia 15 de julho deste ano, no Residencial Morada do Bosque II, em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís.

Denúncias anônimas realizadas através do Disque Denúncia, apontaram que, após o crime, a autora fugiu para a cidade de Brazlândia/DF.

Uma equipe da SHPP se dirigiu até o local indicado e, com o apoio de policiais da Coordenação de Homicídios do DF, localizou a autora e efetuou a prisão na quarta-feira (26).

Homem ‘perde’ vibrador de 60 cm no reto e médicos lutam para retirá-lo

Se todos os casos médicos mais absurdos fossem colocados nos episódios de “Grey’s Anatomy”, provavelmente a série seria eterna, já que 15 temporadas parecem pouco para tanto drama em Seattle, segundo os fãs. Além disso, não faltam maneiras inusitadas de o ser humano ir parar no pronto-atendimento buscando auxílio em suas peripécias.

Ao redor do mundo, os casos de objetos introduzidos e presos no orifício retal são inúmeros e bem variados. Desde brinquedos, desodorantes, lâmpadas, garrafas até legumes, a lista é realmente grande. A recorrência é tanta que procedimentos são criados para facilitar a remoção sem a necessidade de uma cirurgia invasiva.

No centro médico ASST Grand Hospital, localizado em Milão, na Itália, uma nova ferramenta agora está à disposição para situações mais delicadas. Recentemente, um rapaz de 31 anos deu entrada no hospital com um vibrador de 60 centímetros preso dentro corpo. A equipe médica, diante do desafiador caso, precisou inovar e desenvolver outro meio para a remoção do objeto.

Que susto!

O paciente buscou ajuda no centro médico, pois estava com o objeto preso no corpo havia 24 horas e, como ele relatou, “não era possível removê-lo com a mão”. Ele contou também que sentia apenas um leve desconforto; fora isso, estava normal. As tentativas convencionais não foram bem-sucedidas devido “à rigidez, à suavidade e ao tamanho do objeto”, comentaram os médicos.

Foi então que uma nova ideia surgiu antes de a tentativa cirúrgica ser colocada em prática. Por meio de um tubo estente, o cabo de metal foi empurrado corpo adentro buscando segurar a extremidade do vibrador. Enquanto os outros métodos são baseados em materiais mais macios e maleáveis, com esse material a equipe pôde finalmente prender o objeto e removê-lo.

“Nós finalmente conseguimos a extração endoscópica do dispositivo, pegando a ponta do vibrador com este laço de fio-guia”, conta o médico chefe da equipe, Dr. Lorenzo Dioscoridi.

Após o procedimento, o paciente foi liberado no mesmo dia e pôde retornar para casa sem grandes problemas além de alguns desconfortos. Ele inclusive escreveu uma carta à equipe dias depois, agradecendo pela atenção e pelo cuidado nesse caso constrangedor. Realmente foi algo que mexeu com o paciente por dentro! (Mega Curioso)

Presa mãe que permitia que a filha de 14 anos fosse estuprada pelo companheiro em Itapecuru-Mirim

A mulher identificada como Maria Divina Cruz foi presa por permitir que uma filha adolescente, de apenas 14 anos de idade, fosse estuprada por seu companheiro. O mandado de prisão preventiva foi cumprido, na segunda-feira (25), pela 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, através da Delegacia Especial da Mulher de Itapecuru- Mirim (MA). .

Maria Divina foi indiciada por crime de estupro omissivo. pois tinha conhecimento que a filha era vítima dos abusos sexuais praticados pelo companheiro José Pereira da Silva, o “Zé Maru“, preso em flagrante delito pela prática do crime de estupro.Ciente dos abusos, Divina nada fazia, mesmo tendo por obrigação legal cuidar e proteger a sua filha.

Dois estelionatários de Brasília são presos em condomínio no Parque Atenas

Dois homens identificados como Frank Oliveira Garcia e Diego Sales foram presos pela polícia na noite de terça-feira (25) em um condomínio no bairro Parque Athenas, em São Luís. Com eles foram apreendidos cartões de crédito com nomes de pessoas diferentes, aparelhos celulares, máquinas de cartão de crédito e relógios.

Segundo o superintendente da Polícia Civil, delegado Breno Galdino, as investigações iniciaram após receberem denúncias de vizinhos que suspeitaram da movimentação de compras que os dois realizaram nos últimos tempos.

O Centro de Inteligência aguardou no local e abordou os indivíduos que chegavam da rua, com eles foram encontrados documentos falsos e cartões de créditos no nome de terceiros. Nesse momento foi dado voz de prisão por flagrante, já que foram encontrados vários equipamentos de possível falsificação e vários produtos em valor bastante elevado, aberturas de firmas, notas fiscais e certificações de digitais em nomes falsos”, revelou.

De acordo com o superintendente, Frank e Diego são do Distrito Federal e através de um contato com uma delegada de Brasília foi descoberto que existe um mandato de prisão temporária para Frank Garcia expedido pela Justiça por suspeita de estelionato.

“Frank é um dos mais procurados de Brasília, acusado de aplicar vários golpes na região, inclusive recentemente foi realizado um mandato de busca e apreensão na residência dele em Brasília, onde foi apreendido quase 200 mil reais em espécie”, afirmou a delegada.

O delegado Breno Galdino acrescenta que polícia ainda investiga a existência de mais suspeitos para descobrir a quantidade de pessoas envolvidas no golpe, além de entender melhor de que forma eles agiam no Maranhão.

Eles estavam clonando cartões e através desses cartões clonados efetuavam várias compras, obviamente eles não pagariam e com essas compras eles já tinham as pessoas certas em Brasília, na qual eles faziam revenda dos produtos. Inclusive firmas abertas, pessoas jurídicas para conseguir lavar esse dinheiro e depois retornar para as mãos da quadrilha”, finalizou.

Os presos foram autuados em flagrante por estelionato e uso de documento falso, sendo encaminhados ao Centro de triagem de Pedrinhas, onde estarão à disposição do Poder Judiciário. (Gilberto Lima)

Universitária espancada nos EUA diz que vai voltar para BH após ex pagar fiança e ser solto

Melissa Gentz, de 22, foi agredida em Tampa, Flórida. ‘Preciso aceitar a realidade, que tenho direito de ficar triste e procurar ajuda. É o que eu pretendo fazer por agora.’

A  universitária mineira Melissa Gentz, de 22 anos, disse nesta quarta-feira (26) que vai deixar os Estados Unidos depois de ser espancada. Segundo ela, o ex, que é suspeito do crime, pagou fiança de US$ 60 mil – o equivalente a quase R$ 245 mil – e deixou a prisão em Tampa, na Flórida, na noite desta terça-feira (25). Com medo, a família foi até a Flórida acompanhar o caso e quer que a jovem volte para Belo Horizonte.

Suspeito da agressão, até a noite de terça-feira. Melissa conta que o rapaz pagou fiança e deixou a cadeia. O jovem teve que entregar o passaporte para responder ao processo nos EUA.

Para voltar a Minas, Melissa contou que vai trancar a faculdade de biologia molecular e celular que fazia desde 2015, mesmo com formatura prevista para o fim deste ano.

“O que eu vou fazer nesse semestre é trancar a minha matrícula. Eu vou voltar pro Brasil com a minha mãe porque ela está com medo de me deixar aqui sozinha. O meu curso é muito difícil pra mim. Eu não consigo… eu preciso estudar todos os dias, correr atrás. Então, eu não seria tão realista. Eu preciso aceitar a realidade, que eu tenho direito de ficar triste e procurar ajuda. Então é o que eu pretendo fazer por agora”, explicou.

A agressão

Melissa contou ao  que no domingo estava na casa de Erick e que eles assistiam a um filme, mas que o jovem começou a beber. A estudante falou que ele usa remédio para dormir e que não pode ser misturado à bebida alcoólica.

Depois de um tempo ele começou a ficar agressivo. Pedia sem parar o meu celular. Ele ficou elétrico. Eu queria dormir porque no outro dia eu tinha aula. Eu queria ir embora e ele não deixava”, relembrou Melissa.

Melissa disse que Erick a empurrou várias vezes, prendeu a cabeça dela entre as pernas dele, pegou um vidro de soro fisiológico e virou no rosto de Melissa.

“Ele apertava o meu rosto, chutou o meu rosto, me puxou pelos cabelos pelo apartamento. Ele bateu a minha cara no chão”.

Com muito custo, Melissa conta que conseguiu se desvencilhar de Erick e correu para dentro do banheiro, mas ele arrombou a porta. “Para eu me livrar dele, eu entreguei o celular para ele e saí correndo para a portaria do prédio”.

Melissa falou que o porteiro chamou a polícia e uma ambulância para socorrê-la. Depois de medicada, no mesmo dia, à tarde, Melissa voltou ao apartamento de Erick para buscar os objetos pessoais. Ela estava acompanhada de dois policiais. O rapaz estava dormindo e recebeu voz de prisão.

Melissa contou ainda que houve outros episódios de ciúmes e que ele sempre pegava o celular dela. “Ele gritava, me ameaçava, dizia que eu era louca, que eu era surtada. Eu não podia ficar sem o meu celular porque como moro fora eu preciso do celular”, disse a jovem, que tinha no aparelho um meio de comunicação com os parentes.

Por causa da agressão, os pais e a irmã de Melissa chegaram aos Estados Unidos nesta segunda-feira (24) para acompanhar o caso. Ela e a família foram nesta terça (25) a um escritório de advocacia para tomar conta do caso. “O homem que te bate uma vez não vai mudar mais”, desabafou.

Namoro de três meses

Erick e Melissa namoravam havia apenas três meses, desde junho. Segundo ela, o ex foi para os Estados Unidos com a intenção de fazer faculdade de administração. Ele também foi campeão de motocross.

Fotos de Melissa mostram a jovem muito machucada no rosto em um lugar que parece ser o parapeito de uma janela em um banheiro, há um chumaço de cabelos molhados.

No Instagram de Melissa, ela repostou nesta terça-feira (25) uma foto em que veste uma camiseta preta de alcinha e desabafa: “Estou repostando essa foto porque meu ex namorado deletou ela sem eu ver. Ele disse que mulher com namorado não podia ter foto “mostrando os seios” no instagram. Eu peço que TODAS as mulheres possam ter força e coragem para terminar relacionamentos abusivos como o meu último. Começou com reclamações das minhas fotos no Instagram, depois dos comentários nas fotos, mensagens que eu recebia no WhatsApp… até que ele me pegou pelo cabelo e disse que eu precisava aceitar minha realidade porque eu era a mulher da relação. Um homem que te trata assim não te respeita e não te vê nem como ser humano. Ele não vai mudar. Se coloque em primeiro lugar sempre antes que seja tarde demais”.(G1)

ASSISTA O VÍDEO: