Cabo reformado da Polícia Militar do Maranhão é preso por suspeita de integrar grupo de extermínio de traficantes

Investigação apontou que grupo é responsável pelo assassinato de pessoas ligadas ao tráfico de drogas na região de Icatu, a 115 km de São Luís.

Uma operação realizada nesta quinta-feira (1º) pela Polícia Civil prendeu o cabo reformado, José Nascimento Freitas Matos, e um segurança identificado como Jaldemir Rabelo Amaral, por suspeita de integrarem um grupo de extermínio no Maranhão.

De acordo com as investigações do Departamento de Homicídios do Interior, o cabo reformado José Nascimento Freitas Matos, apontado como o líder do grupo e os demais integrantes, usavam roupas de policiais para assassinar pessoas que teriam ligação com o tráfico de drogas na região do município de Icatu, localizado a 115 km de São Luís.

Segundo a polícia, dentre as vítimas identificadas estão Bruno Pinheiro dos Santos e Werne da Silva Assis. As prisões aconteceram na residência do cabo reformado, onde foram apreendidos coletes a prova de balas, botas, bala-clavas, lanternas táticas, fardamentos de segurança privada e da Polícia Militar, munições e revólveres de uso exclusivo da polícia. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *