Pesquisa de preços em São Luís aponta variação de até 139% entre os itens da Semana Santa

Para ajudar os consumidores na hora das compras dos itens da Semana Santa, o Procon/MA divulgou na segunda-feira (15) o resultado da pesquisa de preços, realizada entre os dias 2 e 12 de abril. A diferença do preço cobrado de um estabelecimento ao outro chega a 139%.

A pesquisa avaliou os preços de 20 fornecedores da Grande Ilha e 212 itens, entre chocolates, pescados e artigos de mercearia típicos dessa época. Os estabelecimentos pesquisados foram os Supermercados Real (Jardim América), Universo (Jardim América), Mateus (Bacanga, Cohama e Jardim Tropical), Camiño (Anjo da Guarda, Itapiracó e Maiobão), Comercial Júnior (Madre Deus), Feira da Vila Palmeira, Mercado Central, Feira do São Francisco, Feira do Bairro de Fátima e Feira do João Paulo.

“A orientação que damos aos consumidores é que comparem os preços antes de efetuarem a compra da Semana Santa. Dessa forma, é possível garantir uma grande economia”, ressalta a presidente do Procon/MA, Karen Barros.

Chocolate

Para quem não abre mão do chocolate, após análise de preços, foi constatado que o tablete de chocolate Castanha de Caju 100g, da marca Garoto, teve a maior variação nesse segmento, com 58.05%. Os preços praticados são de R$ 5,99, no Supermercado Real, e de R$ 3,79 nos Supermercados Mateus e Camiño.

Também foi possível identificar diferenciação no tablete Classic ao Leite de 100g, da marca Nestlé, que obteve variação de 20,04%. O menor preço foi de R$ 4,99, encontrado nos Supermercados Mateus e Camiño. O maior, no Supermercado Real, custando R$ 5,99.

Peixe

Em relação aos pescados, a maior variação de preço chegou a 57, 50%, do peixe Curimatá, que teve o valor mais alto encontrado nos Supermercados Mateus e Camiño, por R$ 18,90, e o mais acessível, na Feira do João Paulo, por R$ 12,00.

Outra diferenciação que pode pesar no bolso do consumidor é do Pargo, que obteve 53,85%. Após comparação de preços, constatou-se a venda mais barata por R$ 13,00 na Feira do Bairro de Fátima, e o valor mais caro, de R$ 20, 00, nas feiras da Vila Palmeira e São Francisco.

Mercearia

A maior variação da pesquisa foi encontrada nos produtos diversos, que contemplam a famosa mercearia, com variação de 139% no maço de cheiro-verde, que custa R$ 1,00 no Supermercado Real e R$ 2,39 nos Supermercados Mateus e Camiño. Confira a lista completa em www.procon.ma.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *