Casal é preso acusado de estuprar filha de 5 anos em ritual de magia negra em Barra do Corda

A Polícia Civil de Barra do Corda, coordenada pelo delegado Renilto Ferreira, prendeu, na sexta-feira (26), Valdeir Fernandes Ferreira e sua companheira Luana Cavalcante Alves, por crime de estupro de vulnerável.

A prisão temporária do casal foi decretada pelo Juiz Antônio Elias de Queiroga Filho, Titular da 1ª Vara de Barra do Corda. O casal é suspeito de ter estuprado a filha de Luana, uma criança de 5 anos de idade.

Após a prisão, Valdeir confessou que praticava atos sexuais contra a criança e afirmou que esses abusos eram praticados por ele, em companhia de sua companheira, mãe da vítima.

Emseu depoimento, o estuprador afirmou, ainda, que esses crimes eram praticados na casa do casal, em rituais sexuais de magia negra, onde havia a retirada de sangue de todos eles.

Esse esse sangue era ingerido pelos três e também introduzido com um objeto plástico, cilíndrico com formato aparente de um pênis, nas partes intimas (ânus e vagina) dos autores e da criança vítima.

Em seguida, após completarem o ciclo, Valdeir e Luana praticavam relações sexuais na frente da criança vítima, até que uma vela acesa no início do ritual se apagasse.

Segundo o estuprador, tais rituais já teriam ocorrido por seis vezes e havia um outro ritual marcado para o dia o próximo dia 15 de maio.

No entanto, em sua oitiva, Luana negou a ocorrência dos fatos narrados pelo companheiro. (Com informações do Minuto da Barra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *