VÍDEO: Presos acusados de executar homem de Bernardo do Mearim, em Igarapé Grande

A Polícia Civil prendeu na sexta-feira (12) dois homens suspeitos de participar do assassinato de Cleberson Rodrigues da Silva, conhecido como “Cutia”. Ele foi morto a tiros no dia 1º de julho enquanto abastecia o carro na cidade de Igarapé Grande, a cerca de 235 km de São Luís.

Após investigações, a polícia atribuiu o assassinato a Timóteo Mendes de Meneses e Fábio de Sousa Silva, conhecido como “Fabinho”. Os dois foram presos na cidade de Pedreiras após mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela justiça. A polícia já sabe a motivação do crime, mas não quis informar para não atrapalhar as investigações.

Fabinho e Timóteo foram presos em Pedreiras nesta sexta (12) por suspeita de participação na morte de Cleberson em Igarapé Grande, no MA — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O crime

De acordo com o delegado Diego Maciel, o crime aconteceu por volta das 15h, quando Cleberson parou seu carro para abastecer em um posto de gasolina nas imediações da MA-122. Durante o abastecimento, dois homens em uma moto pararam em frente ao veículo. Um deles sacou uma arma e efetuou aproximadamente nove disparos contra a vítima.

Cleberson ainda tentou fugir, mas bateu o carro contra um poste. No local, os dois homens finalizaram a execução do crime. Após o caso, a Polícia Civil fez perícias e buscas pela região, identificou os suspeitos e conseguiu prendê-los na sexta-feira, dia  12.

A polícia diz ainda que foi Timóteo quem efetuou os disparos. Ele e Fabinho serão encaminhados neste sábado (13) para a Unidade Regional Prisional de Pedreiras e responderão na Justiça pelo crime de homicídio qualificado.

– A polícia civil, da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras, segue tomando depoimentos e interrogando o suspeito para identificar a motivação e se o crime que chocou a região teve mandante ou mandantes.

Cleberson Rodrigues da Silva, conhecido como “Cutia”.

Várias diligências foram empreendidas, perícias foram realizadas e no dia 12/07/19, a Polícia Civil obteve êxito em prender o condutor da motocicleta, conhecido como Fabinho, e o garupa, conhecido como Timóteo, que efetuou diversos disparos de arma de fogo contra a vítima, conhecida como “Cutia”. Mais uma vez a Polícia Judiciária elucida em crime de grande repercussão estadual”, informou o relatório da Polícia Civil.

Confira no vídeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *