HUMBERTO DE CAMPOS!!! Ciganas são presas comprando animais com dinheiro falso

Polícia apreendeu no acampamento  R$ 4.850 falsos e porção de maconha 

Maria Neide da Rocha Machado, de 20 anos, e Maria Iraneide da Rocha Machado, de 30 anos

Policiais do 27° BPM prenderam, por volta de 10h30 de quarta-feira (10), duas ciganas que estavam fazendo compras com dinheiro falso na cidade de Humberto de Campos, localizada a 178 km de São Luís. No momento da prisão, no povoado Bacaba, ela estavam com mais de R$ 4 mil em cédulas falsas. Elas pertencem a uma quadrilha de ciganos que estão aplicando golpes na região do Munin. 

As mulheres foram identificadas como Maria Neide da Rocha Machado, de 20 anos, e Maria Iraneide da Rocha Machado, de 30 anos, ambas residentes  no Recanto dos Pais, na cidade de Chapadinha.

Entre as vítimas, que receberam cédulas falsas dos golpistas, estão Luisa da Silva, residente no bairro Bacaba, para quem Maria Iraneide tentou passar R$ 50,00 no seu estabelecimento comercial; Jose da Silva e Silva, morador do povoado Bacaba, que vendeu um porco para o bando e recebeu R$ 450,00; Evandro Amorim Zonte, residente no povoado Bom Jesus, que vendeu uma burra e recebeu R$ 2 mil;  Carlos Augusto da Silva Santos, residente no povoado  Bom Jesus, que vendeu um animal e recebeu R$ 750,00 reais;  e Milson Silva Santos, residente no povoado Bom jesus, que vendeu 2 animais e recebeu 1.700,00 reais.

Dinheiro falsificado, ceclulares e uma porção de maconha

Dinheiro falsificado e maconha 

No acampamento dos ciganos, foram apreendidos R$ 4.850,00 em espécie de cédulas falsas; três celulares, uma faca, um canivete e uma porção de maconha.

De acordo com informações da PM, uma guarnição foi acionada por uma das vítimas que relatou que existia um grupo de ciganos dando golpes no povoado Bacaba, com dinheiro com falsificado. Ele teria vendido um animal e recebido R$ 2 mil em cédulas falsas.  No local, outras vítimas apareceram relatando ter sofrido o mesmo golpe.

A guarnição se deslocou até o rancho dos ciganos, mas maioria correu ao avistar a viatura. Apenas duas mulheres foram abordadas. Com elas, foi encontrada uma porção de maconha. Populares informaram que dentre os acusados que adentraram no mato alguns estavam armados.

Tiros nos policiais 

A guarnição solicitou reforço e adentrou no matagal, chegando a avistar alguns deles que ainda fizeram disparo de arma de fogo contra os policiais. Eles abandonaram uma criança de onze anos, filho de um dos ciganos.

A guarnição realizou diversas incursões no matagal, na tentativa de localizar os outros integrantes do bando, mas não logrou êxito. As conduzidas juntamente com o material foram apresentadas na delegacia de Humberto de Campos, sem lesões corporais, para as devidas providências. O menor ficou sob custódia do Conselho Tutelar. (Portal do Munin).

Doente mental engana policiais, toma viatura da polícia e foge em São Luís

 

Policiais lotados na Delegacia do Cohatrac receberam um chamado para um atendimento pouco usual: levar um paciente psiquiátrico até a uma clínica devido ao seu estágio alterado. 

Na porta da clínica, o conduzido não quis sair da viatura e ainda agrediu um policial com um tapa no rosto. Em um descuido, ele pulou para o banco da frente, ligou o carro e fugiu.

Muitas horas depois, por volta das 2h da madrugada, a viatura foi encontrada na Vila São José, sem as chaves, e nem o paciente, que passou a ser procurado pelos policiais e até momento não foi localizado.

Daniela Tema e Cleomar Tema agradecem ao povo pela vitória nas urnas

A deputada estadual eleita Daniella Tema (DEM), e o esposo, o prefeito de Tuntum e presidente da FAMEM, Cleomar Tema agradecem ao povo do Maranhão pela expressiva vitória conquistada nas urnas no último dia. O casal dedica o resultado das urnas aos mais de 40 mil eleitores que sufragaram o nome de Daniella para representá-lo na Assembleia Legislativa a partir de janeiro de 2019.

Daniella e Tema afirmam que a campanha se transformou numa dura batalha, numa jornada extenuante, mas ao mesmo tempo satisfatória, em decorrência do estreitamento do contato com o povo, em todas as regiões do Estado. “Foi um bom combate, onde pude, pela primeira vez estabelecer esse contato corpo a corpo com povo do meu Estado”, afirmou a parlamentar eleita.

“Tive uma grande e saborosa experiência, sempre com o apoio do povo e do meu esposo, grande companheiro, grande incentivador e um grande professor, o Tema, uma das principais lideranças políticas do Estado. Os maranhenses podem esperar um mandato voltado para as classes menos favorecidas. Vou retribuir com muito trabalho essa demonstração de confiança que o povo mostrou para comigo”, afirmou Daniella Tema.

Já o esposo da deputada eleita, Cleomar Tema, destacou que mais uma vez teve o apoio popular e falou um pouco sobre sua trajetória política, iniciada em 1990, quando se elegeu prefeito de Tuntum, sem jamais haver experimentado o gosto amargo de uma derrota.

Em quase três décadas de vida pública, Cleomar Tema, que está no quinto mandato de prefeito em sua cidade e no terceiro como dirigente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), ressalta que isso é o fruto de uma constante busca do melhor para o povo, da conciliação e em razão de fazer o que gosta.

Em todas as campanhas que participou, ele saiu vitorioso, seja apoiando candidatos ao governo do Estado, ao Senado da República, à Câmara Federal, Assembleia Legislativa e à prefeitura de Tuntum. Por conta dessa vitoriosa trajetória, ela emite mais uma vez agradecimento ao povo maranhense pela vitória de sua esposa, Daniella Tema, como deputada estadual.

AGORA DECANO!! Antônio Pereira agradece a Deus e aos amigos pelo quinto mandato na Assembleia Legislativa

O deputado Antônio Pereira (DEM) – reeleito para o quinto mandato – ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa na terça-feira (9), para agradecer a Deus e aos amigos do Estado do Maranhão, pelos 37.935 votos conquistados nas eleições de outubro. Agora, o democrata se tornou decano no poder Legislativo do Maranhão.   

“Primeiro quero agradecer a Deus, porque em todas minhas eleições, sem exceção, houve a fé e a participação efetiva de Deus, mas nesta foi 100%. Fui salvo nesta eleição pela misericórdia de Deus, nosso Salvador, que me guiou em todos os momentos para que a gente retornasse a esta Casa”, declarou.

Em sua fala, Antônio Pereira afirmou que a gratidão se estende ao povo do Maranhão e às suas lideranças. “No meu ponto de vista, esse ano minha reeleição foi de amizade. Foram os meus amigos mais próximos que me reelegeram. Não fiz compromisso financeiro com nenhum grupo novo”, afirmou.

Na ocasião, Antônio Pereira agradeceu também à população da Região Tocantina, especialmente de Imperatriz, onde foi mais votado; Amarante; João Lisboa; São Domingos do Maranhão; Grajaú e outras cidades que foram muito importantes na votação que deu sua reeleição ao quinto mandato.

FLÁVIO DINO E WEVERTON ROCHA

Ao comentar a reeleição do governador, o deputado Antônio Pereira destacou que Flávio Dino mereceu outro mandato, pois fez um grande trabalho na Região Tocantina, onde construiu e colocou hospitais para funcionar, fortaleceu a saúde, construiu escolas e agraciou o povo com o Programa Mais Asfalto.

Para Antônio Pereira, o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, construiu praças e perfurou poços artesianos na região. “Flávio Dino fez jus aos 80% dos votos em Imperatriz. O povo fez justiça, sem paixão política. Agradeço as obras pedidas para o povo, especialmente a estrada Sítio Novo/Amarante”, frisou.

Em relação aos senadores, Antônio Pereira destacou que Weverton Rocha foi seu principal candidato a senador, pois  pediu votos para ele em 90% dos seus pronunciamentos.  “Parabenizo os eleitos e os não saíram vitoriosos, mas colocaram seus nomes à disposição do povo do Maranhão”, concluiu.

Assecom/Deputado Antônio Pereira

Servidora pública usa um guarda chuva para se proteger de goteiras e trabalhar em sua sala

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra funcionárias da Secretaria de Planejamento trabalhando embaixo de goteiras, uma delas, inclusive, segura um guarda-chuva para se proteger, enquanto usa o computador.

O vídeo mostra também parte da fiação exposta e do teto pendurado, além de uma área alagada no chão da sala próximo a janela.

Em nota, a Secretaria de Planejamento informou que o problema foi causado pelo entupimento da calha durante a forte chuva da manhã desta segunda-feira.

Disse também que a limpeza da calha está sendo providenciada e que já deu início ao processo para a troca de toda a estrutura do telhado. (G1)

Para assistir ao vídeo, clique aqui.

URGENTE! Idosa tem mal súbito e morre durante votação na cidade de Barão de Grajaú

A idosa chegou a ser amparada pela equipe da Justiça Eleitoral

Uma mulher entrou em óbito após sofrer um mal súbito enquanto votava em Barão de Grajaú (MA), na manhã deste domingo (7).

A vítima, identificada como Isabel Ribeiro dos Santos, estava na cabine de votação da sessão 4, localizada no Centro de Ensino Ney Braga, situado na Avenida Mario Bezerra, quando se sentiu mal.

A idosa chegou a ser amparada pela equipe da Justiça Eleitoral, mas acabou falecendo ainda no local. O corpo foi encaminhado para o Hospital Municipal Barjornas Lobão para as providências cabíveis.

Vereador Genival Alves nega prisão por compra de votos e diz que foi vítima de armação

O vereador Genival Alves emitiu nota sobre sua suposta prisão por compra de votos, na manhâ de hoje (7), no bairro Tibiri, em São  Luís.  Na nota, Genival garante que “enquanto candidato a deputado estadual, jamais praticou atos ilícitos com o objetivo de angariar votos. Trata-se de uma armação dos seus opositores, e que foi vitima de uma situação, totalmente improcedente e mentirosa”.

Confira a íntegra da nota do gabinete do vereador: 

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO

PREFEITURA DE SÃO LUÍS

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS

GABINETE DO VEREADOR GENIVAL ALVES

Nota de Esclarecimento

“O parlamentar, Genival Alves enquanto candidato a deputado estadual, jamais praticou atos ilícitos com o objetivo de angariar votos. Trata-se de uma armação dos seus opositores, e que foi vitima de uma situação, totalmente improcedente e mentirosa.

Diferentemente do que propagado caluniosamente, a sua campanha eleitoral foi realizada seguindo os preceitos éticos e morais que norteiam a boa política, dentro do que a legislação eleitoral autoriza.

Segundo o vereador, desde que assumiu o mandato, há pouco mais 17 meses, que se iniciou uma campanha caluniosa e difamatória contra o mesmo, em razão de sua atuante e dinâmica ação parlamentar, que sempre visa a busca de benefícios e melhorias para a cidade de São Luis, principalmente no atendimento da população mais carente na área da saúde.

Até o presente momento, o vereador se encontra dando esclarecimentos na sede da PF e não preso como circula em alguns veículos da imprensa.

Genival Alves acredita na justiça e está tranquilo e a consciência de quem lutou por cada voto de forma humilde e honesta.

Sobre os autores da denúncia, o vereador irá tomar as medidas judiciais cabíveis para que os mesmos sejam punidos por essa horrenda e covarde atitude.

Aos que confiam no voto ao vereador, Genival Alves , agradece mais uma vez a credibilidade e reafirma o compromisso de continuar sua luta por uma cidade melhor de se viver”.

VÍDEO! Mulher é flagrada caminhando nua com a bolsa pendurada no ombro

Uma mulher foi flagrada caminhando nua na Rua Silva Jardim, região central de São José do Rio Preto (SP), na manhã desexta-feira (5).Ela estava apenas com uma bolsa vermelha pendurada no ombro.

Um morador que passava pelo local registrou o momento em que a mulher caminhava nua.

A Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada, mas quando a equipe chegou ao local, ela não foi encontrada. Nenhum boletim de ocorrência foi registrado na delegacia até o início da noite de sexta-feira.

O Artigo 233 do Código Penal diz que é proibido “praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público”, com pena de três meses a um ano de detenção ou multa. (G1)

Confira o vídeo: 

Raridade valorizada! Fusca 1964 com 35 km rodados está à venda por um milhão de dólares

 

Hoje em dia, encontrar um Volkswagen Fusca em estado de conservação digno de receber a cobiçada placa preta de carros de coleção é difícil. Imagine então um Fusca da década de 1960 praticamente zero-quilômetro!

O carro foi comprado no ano de 1964 por Rudy Zvarich, que o manteve guardado na garagem de um amigo durante dois anos, até ser transferido para um local onde foi mantido até 2016. Por ter ficado guardado mais de 50 anos, o “besouro” exibe em seu hodômetro apenas 22 milhas rodadas (35,4 quilômetros).

Mantido a vida toda em local seguro, o Fusca ostenta a aparência de um carro que acabou de sair da concessionária, com pintura em excelente estado de conservação. O interior também impecável possui bancos e painéis das portas com revestimento vermelho. Peças originais, como os espelhos retrovisores, limpadores de para-brisa e calotas, nunca foram instaladas e estão guardadas em suas respectivas embalagens da época junto com um kit de ferramentas que veio junto com o carro.

Zvarich morreu em 2014, deixando o Fusca sob os cuidados de seu sobrinho, que manteve o guardado até colocá-lo à venda por nada menos que US$ 1.000.000,00 (equivalentes a aproximadamente R$ 3.700.000,00 em conversão direta).

 CARS News

ASSISTA VÍDEO! Mulher dá chicotadas em carroceiro que batia no jumento no retorno do São Francisco

Um vídeo gravado durante uma discussão no trânsito entre uma mulher enfurecida e um carroceiro começou a circular nas redes sociais no início da tarde deste sábado (06).

Nas imagens, uma mulher aparece dando várias chicotadas no homem no Retorno do São Francisco, em São Luís. De acordo com as primeiras informações, o idoso identificado como Olegário, que é carroceiro, estaria dando chicotadas em um jumento, que conduzia a carroça.

Testemunhas que trabalham na região e presenciaram a agressão afirmam que a mulher seria uma jornalista envolvida com a causa de proteção aos animais. Além das chicotadas, a agressora também proferiu xingamentos com palavras de baixo calão.

Desceu do carrão 

A agressora estava em um veículo Audi A3, de cor preta e placa PSH-8976. As imagens, que já repercutiram em vários grupos de WhatsApp, além de outras redes sociais, estão dividindo a opinião dos internautas.

Muitos condenam a atitude da mulher e acreditam que o idoso deveria ter registrado um Boletim de Ocorrência por agressão, além de ter sofrido dano moral, pois foi chicoteado na presença de várias pessoas. Em nenhum momento o idoso, reage aos ataques e insultos. (Gilberto Lima)

Confira o vídeo: