Homem é preso vendendo objetos roubados da Assembleia de Deus

Uma equipe do 14º Batalhão de Polícia Militar de Imperatriz, sob o comando do tenente Coronel Brito Junior e Major Sérgio, prendeu, na segunda-feira (20), um homem identificado como Sebastião Ribeiro Reis Junior, suspeito de arrombar e furtar vários objetos de uma das congregações da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, localizada no bairro Cafeteira.

De acordo com informações repassadas ao Blog do Antônio Marcos, a viatura do Parque Amazonas fazia o trabalho de rotina quando foi acionado via CIOPS. As informações davam conta de que um indivíduo estaria vendendo alguns dos objetos furtados da igreja.

De posse das informações, os policiais se deslocaram até o local informado, onde localizaram o suspeito de posse de 1 aparelho de DVD, 2 ventiladores de parede, roubados da Igreja.

O suspeito Sebastião Ribeiro juntamente com o material recuperado foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil da Vila Lobão, para as providências pertinentes crime que casou prejuízos à igreja.

Estudante de Medicina brasileira é assassinada com 16 facadas no Paraguai

A estudante brasileira Erika de Lima Corte, de 29 anos, foi morta na madrugada desta segunda-feira (20) em Pedro Juan Caballero no Paraguai, município que faz fronteira com Ponta Porã, MS, a 326km de Campo Grande.

Os documentos de Erika são de Barra do Garças, MT. Segundo a perícia, o corpo tinha marcas de 16 perfurações na região do tórax e pescoço. Erika teria sido vista  acompanhada de dois homens antes do crime.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela polícia de Pedro Juan Caballero, o corpo foi encontrado com um pano branco sobre o rosto, no quarto de um apartamento.

Erika dividia a residência com uma colega de faculdade, Milena Oliveira, que relatou à polícia ter saído de casa por volta de 17h e quando retornou, de madrugada, encontrou o corpo da colega no quarto.

Erika estudava medicina em Pedro Juan, local que atrai muitos estudantes brasileiros por oferecer o curso com custo mais baixo que no Brasil.

O crime foi registrado como homicídio doloso, mas segundo o comissário Flamino Quintero, chefe do departamento de investigação da polícia do Paraguai, a suspeita é que o crime não tenha sido premeditado. A equipe da divisão de homicídios da polícia paraguaia está investigando o caso (G1).

TRAGÉDIA EM ARAIOSES!!!! Duas crianças morrem eletrocultadas em cerca clandestina

Por volta das 14h30m da tarde de ontem (19/08), três amigos, identificados como Felipe, 13 anos, “Titico”, 14, e seu irmão, Luís Gabriel, 10 anos, moradores da Rua das Senhoras, bairro Nova Conceição, em Araioses, andaram cerca de 850 metros, de suas casas em direção a um viveiro de peixes na entrada da cidade para coletar algumas castanhas de caju. Após pegarem os frutos, eles voltaram às suas casas para deixar as castanhas e voltaram ao viveiro novamente, para, dessa vez, cortar talos de palmeiras para fazer gaiolas de passarinhos.

Sem sucesso e sujos pelo lamaçal do local, os garotos voltaram, e no caminho, pararam em uma pequena ponte para lavar os pés. Ao lado da ponte, havia uma cerca de arame farpado na qual os meninos seguraram para se equilibrar. Eles não sabiam que aquele arame estava ligado, de forma clandestina, à rede elétrica do terreno.O sobrevivente Luís Gabriel contou que a princípio, quando eles se seguraram nos arames, eles não estavam ligados. Ainda segundo o garoto, o dono da propriedade os viu e logo depois ligou a cerca à corrente elétrica. Gabriel, vendo o seu amigo e o seu irmão sendo eletrocutados, correu em direção ao dono do viveiro, identificado como Antônio Benício, pedindo que ele desligasse a cerca, mas era tarde demais. Felipe e “Titico” já estavam mortos.

Antônio não prestou socorro às vítimas. Segundo a Polícia Militar de Araioses, o suspeito fugiu do local e até a última atualização desta matéria, não havia sido encontrado.

Uma equipe da Companhia Energética do Maranhão – CEMAR foi ao local. Um dos funcionários esclareceu que o que é feito com a eletricidade fornecida pela empresa dentro da propriedade é de total e exclusiva responsabilidade do cliente.

“Titico” foi levado à Funeral PREV e Felipe foi encaminhado a uma outra funerária.

Procuramos Antônio Benício ou sua família para possíveis explicações, mas não encontramos ninguém que pudesse falar sobre o caso.

Se você tiver alguma informação sobre o paradeiro de Antônio Benício, pode ajudar as autoridades policiais da cidade, de forma anônima, através dos contatos abaixo.

(98)98613-8877 – Delegacia de Araioses (WhatsApp Denúncia)
(98)98917-9449 – Delegacia de Araioses (celular)
(98)3478-1567 – Delegacia de Araioses (fixo)
(98)99614-6295 – Viatura da Polícia Militar

Fonte: Portal Panorama

Polícia prende bandido que matou o menino de 12 anos a tiros e arrastou o corpo nas ruas do Bairro de Fátima

O menino Felipe foi covardemente morto pelos bandidos

A polícia prendeu, na sexta-feira, 17, no Bairro de Fátima, o elemento Jefferson Ferreira Costa, conhecido no mundo do crime como ‘Cabeça’, acusado pelo assassinato de Felipe Sousa Silva, de 12 anos, fato ocorrido no dia 14 de abril deste ano.

De acordo com a polícia, o detido faz parte de uma facção criminosa oriunda do Rio de Janeiro, responsável pela comercialização de droga, prática de assaltos e homicídios no Bairro de Fátima e localidades adjacentes.

O delegado Joviano Furtado, do 2º Distrito Policial, declarou que a criança foi assassinada por sete criminosos, quatro já foram presos. Além de Jefferson Costa, já foram detidos Alessandra Martins dos Santos, a ‘Um Real’; Thallyson Farias de Sousa, o Toddy, e José Augusto Oliveira Júnior, o Nenê.

Morto e arrastado

Joviano Furtado disse ainda que no dia do crime, a vítima foi levada pelos criminosos para uma residência, na Travessa Boa Esperança, no Bairro de Fátima, onde foi morta a tiros. Logo depois os acusados carregaram o corpo da vítima pelas ruas do bairro e jogaram na Avenida Kennedy.

“Eles queriam que os veículos passassem em cima do corpo da vítima, uma ação presenciada por moradores”, disse o delegado Joviano Furtado. O caso revoltou a população que pede justiça

SANTA RITA: Moradores desenterram cadáver em estado de putrefação e levam para a porta da prefeitura e da delegacia

A Polícia Militar (PM) informou que revoltados com a demora da chegada da perícia do Instituto Médico Legal (IML), um grupo de moradores da cidade de Santa Rita, localizada a 79k de São Luís, resolveu desenterrar um cadáver, em estado de putrefação, e levá-lo para a porta da delegacia de polícia e da prefeitura.  

De acordo com a Polícia Militar, o homem morto foi identificado como Marcelo Martins Sousa, de 27 anos, natural de Arari, apresentava perfurações de arma branca, além de queimadura e o rosto totalmente desfigurado, e estava sepultado numa área de matagal na rua da igreja, distrito da Baixinha. 

Conforme a Polícia Militar, o cadáver foi encontrado na noite de ontem, quinta-feira (16).  Os manifestantes gritavam palavras de ordem como “Queremos Justiça”. Depois do protesto, o corpo seguiu para Rosário e posteriormente ao IML, em São Luís. 

A Polícia Militar e a Polícia Civil investigam a autoria do crime praticado contra Marcelo Martins Sousa. As primeiras investigações apontam que o crime pode ter sido praticado por vingança ou acerto de contas, por envolvimento com drogas.

Empresário é flagrado em quarto de motel com menina de 13 anos; tia agenciava a sobrinha por R$ 500

Um vídeo que está circulando pelas redes sociais mostra o exato momento em que o empresário Favian Neves dos Santos, 37, é flagrado pela polícia em um quarto de motel em Manaus, fazendo um programa sexual com uma adolescente de apenas 13 anos de idade.

A gravação de pouco menos de 1 minuto foi editada e nela aparece o empresário vestindo a cueca depois de receber a voz de prisão de policiais da Delegacia Especializada em Apoio e Proteção à Criança e ao Adolescente (Deapca).

A adolescente não aparece nas imagens divulgadas e, segundo um policial que atuou na ocorrência, essim que a equipe entrou no quarto do motel onde o empresário cometia o crime, ela foi orientada a ir ao banheiro para vestir suas roupas.

O flagrante aconteceu na tarde da última terça-feira, 7, e no local também foi presa a tia da adolescente, identificada como Aline Cristina de Souza Andrade, que agenciava a sobrinha nos encontros para programas sexuais que custavam em média entre R$ 500,00 e R$ 1 mil. Aline também aparece na filmagem.

Fabian Neves e Aline Cristina foram soltos pelo juiz Celso Souza de Paula, titular do primeiro Tribunal do Júri e plantonista da Vara Criminal do Fórum Ministro Henoch Reis, que realizou a audiência de custódia.

Veja o vídeo:

ASSISTA: Suspeito é preso e confessa que matou motorista com um tiro na cabeça na BR-135

A Polícia Militar (PM) prendeu um dos suspeitos do covarde latrocínio que acabou com a vida do motorista identificado por Oziel Ferreira Lima, que trabalhava como vigia de uma escola do municipio de Rosário, na região do Munin. 

Antonio Victor Silva Muniz, 19 anos, foi preso na casa de uma prima, em Rosário, e ia para Humberto de Campos. Durante a prisão, acabou confessando ser o autor do disparo que vitimou Oziel.

De acordo com a Polícia Militar,  o suspeito agiu em companhia de um menor e uma mulher e ambos se encontram foragidos. O crime ocorreu por volta das 17h30m de terça-feira (14), na BR-135.

Antonio Victor Silva Muniz, 19 anos, suspeito de latrocídio

Tiro na cabeça

O preso disse que o trio teria se passado por passageiro e pedido parada para Oziel, em frente à Praça Carlos Macieira, Santa Rita, que ia de São Luís para Miranda do Norte, onde residia.

Quando se aproximava do local conhecido como “Curva do Pepê”, Oziel foi obrigado a parar o carro e alvejado com um tiro na cabeça. Os criminosos pegaram o carro da vítima e fugiram.

O carro foi encontrado, incendiado, na comunidade Barreiras, em Itapecuru. O suspeito foi apresentado na delegacia e  transferido para o setor de triagem em Pedrinhas, em São Luís.  (27º BPM).

Confira o vídeo: 

COELHO NETO: Polícia prende mãe condenada por ajudar o padrasto a estuprar a filha de 11 anos

Jacinto Freitas e Maria dos Anjos estão presos em Caxias

A Polícia Civil do Maranhão prendeu, na quarta-feira (15), um casal condenado a 13 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. Um dos presos e a própria mãe da vítima, condenada por ter sido considerada conivente com o então companheiro.

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu em 2014 quando a vítima tinha apenas 11 anos de idade. Jacinto Alves de Freitas era padrasto da menina e foi indiciado por ter abusado sexualmente da criança. Na época, o caso revoltou a população.

13 anos de cadeia

As investigações realizadas pela Polícia Civil apontaram que a mãe da garota, Maria Francisca dos Anjos Freire, foi conivente com o então companheiro. O casal acabou se separando durante o processo, mas ambos foram condenados a 13 anos de prisão.

Jacinto Alves e Maria Francisca dos Anjos foram transferidos para Caxias, onde irão iniciar o cumprimento da pena de reclusão. A prisão do casal ocorreu por força de mandado judicial, depois que o processo contra os dois tramitou na Justiça.

Enfermeira depõe na polícia e diz que não queria atropelar os dois cachorros

Investigada pelo atropelamento dos cachorros Pepe e Duquesa no bairro Residencial Pinheiros, em São Luís, a enfermeira Ana Giselly Ferreira Atan se apresentou de forma espontânea na Delegacia Especial do Meio Ambiente (Dema) e prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (16). Acompanhada por advogados, Ana Giselly negou ter atropelado os animais de propósito e disse que sua intenção era de afastá-los de pessoas que estavam na rua.

A delegada Caroliny Fernanda dos Santos Santana confirmou que Ana Giselly Atan responderá pelo crime de maus tratos a animais, com pena de detenção entre três meses e um ano. Como um dos cachorros morreu, essa pena pode subir para um ano e dois meses. Além disso, a delegada informou que Ana Giselly ficará em liberdade até o fim do processo.

A versão apresentada por ela é que não tinha intenção de maneira alguma de matar os animais, mas que ela estava acompanhando os cachorros, pois estariam avançando em algumas pessoas e a intenção dela era só afastá-los. Ela foi ouvida e liberada, pois ela não foi presa em flagrante. As partes são ouvidas, testemunhas são ouvidas, e o procedimento é encaminhado para o juizado, onde haverá uma audiência com o juiz”, afirmou a delegada.

Entenda o caso

Um vídeo, mostrando dois cachorros sendo atropelados cruelmente em uma rua no Residencial Pinheiros, circulou nas redes sociais e revoltou a população. As imagens foram feitas por uma câmera de monitoramento. Nas imagens, Ana Giselly Atan aparece em um carro modelo Honda HRV, placas PSV-9431, e atropela os cachorros de forma covarde, sendo que um deles morreu no local. Ainda no vídeo, é possível ver um dos animais saindo muito machucado e mancando após o atropelamento.

Um novo vídeo, divulgado na noite desta quinta-feira (16), aponta que Ana Giselle Atan teria premeditado o atropelamento. Dentro do carro, ela segue um dos cachorros, que caminha pela calçada, e espera até a hora em que os dois animais param na frente do carro. Em seguida, a enfermeira comete o atropelamento.

Repercussão

Através da vice-presidente da Comissão de Defesa e Proteção dos Animais, Luciana Araújo mLauande, a Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA) disse que está acompanhando o caso junto à Delegacia Especial do Meio Ambiente. “Sabemos que a pena nesses casos é pequena demais diante de tamanha maldade. Nada, exatamente nada, justifica a frieza com a qual esse crime fora cometido”, afirmou Luciana Araújo.

Por meio de nota, o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-MA) repudiou veementemente o ato praticado por Ana Giselle Atan e disse que serão tomadas providências cabíveis contra a enfermeira. O Coren relatou ainda que está aguardando os desdobramentos do caso e acompanhando o trabalho das autoridades competentes para auxiliar no que for possível. A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), onde Ana Giselly Atan trabalha, se pronunciou através do presidente Vanderley Ramos. Em seu perfil no Twitter, Vanderley confirmou o afastamento da enfermeira da empresa.

A respeito do episódio envolvendo a empregada da EMSERH, Gisely Atan, apesar de ocorrido no ambiente de sua vida privada, quero expressar o sentimento de toda a empresa de profunda indignação e desaprovação, informando que a empregada já se encontra suspensa de suas funções”, disse o presidente da EMSERH. (Imirante).

SÃO BENTO!! Colisão entre carro e moto deixa um morto e dois feridos

A Polícia Militar (PM) informou que um grave acidente envolvendo uma moto e um carro não identificado, ocorrido nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (16), na Barragem Alto Alegre (MA-014),  em São Bento, deixou uma pessoa morta e duas feridas.    

A vítima fatal foi Ronaldo Silva Viegas, residente no centro de São Bento, que não resistiu ao impacto e morreu no local. João Lucas Padilha dos Passos, de 20 anos, e Sebastião Viegas Neto, de 36 anos, ficaram feridos e foram levados ao hospital.  

Segundo testemunhas, a moto estava na contramão e colidiu com o veículo. A Polícia registrou a ocorrência do acidente entre o veículo e a moto Honda CG 150cc, Titan,  preta e placa HPI- 6798.  O dono do carro está sendo procurado pela polícia.