Casal é executado com 20 tiros no bairro Recanto dos Pássaros, em Chapadinha

Um crime abalou Chapadinha na manhã de quarta-feira (15), quando dois jovens foram executados com 20 tiros por dois motoqueiros de identidades ainda não reveladas. As víimas foram Paula Andréia Silva Gomes, residente na Rua Idalina Mendes, s/n – Recanto dos Pássaros;  e Silbane Conrado da Silva, residente na Travessa da Alegria, bairro Aparecida,

De acordo com informações da Polícia Militar e de testemunhas, o duplo homicídio ocorreu quando dois homens pararam uma moto próximo ao posto de combustíveis do bairro Recanto dos Pássarros. O casal passou de moto os assassinos deflagraram 20 disparos de arma de fogo.

Ao chegar na  casa da vítima na rua Idalina Mendes para investigar as mortes, a polícia predeu o suspeito Ariel Monteiro das Neves. Na casa de Paula Andreia Silva foram encontrados 37 gramas de cocaína, 70 gramas de crack, 4 celulares e uma balança de precisão.

Polícia Federal desmonta quadrilha que traficava drogas pelos Correios, em São Luís

Cinco mandatos de prisão e quatro busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Federal 

A Polícia Federal no Maranhão, por meio da Delegacia de Repressão a Drogas (DRE), deflagrou na manhã de hoje (15), na ilha de São Luís, a 2ª Fase da Operação “MD”, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas utilizando-se dos Correios.

A partir dos interrogatórios da 1ª Fase, e da análise de algumas mídias identificou-se mais integrantes do grupo criminoso especializado na distribuição de drogas conhecidas como ecstasy e LSD, além de cocaína, skunk e maconha, em festas na capital maranhense, especialmente em eventos de música eletrônica, onde há grande concentração de jovens.

A equipe de investigação interceptou várias encomendas, contendo as substâncias entorpecentes que chegavam até os investigados, via postal, oriundas dos Estados Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso do Sul. A Polícia Federal cumpriu 05 (cinco) Mandados de Prisão Temporária e 04 (quatro) Mandados de Busca e Apreensão em São Luis/MA, tendo as ordens judiciais sido expedidas pela Justiça Estadual do Maranhão, com o objetivo de colher provas da materialidade do crime e subsidiar as investigações.

Os envolvidos estão sendo conduzidos à Superintendência de Polícia Federal no Maranhão, onde serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes previstos nos arts. 33 e 35 da Lei nº 11.343/06. Caso sejam condenados, responderão por penas que chegam até 15 anos de reclusão.

A presente fase da Operação “MD” trata-se de continuação da anteriormente deflagrada em 16/04/2019. Vale destacar que “MD” são as letras iniciais da substância (metileno-dióxido) que compõe o ecstasy, uma das principais
drogas traficadas pelo grupo criminoso.

VÍDEO: Pistoleiro conta como matou empresária a mando do marido, em Presidente Dutra

Romário Batista Sousa, acusado de ser um dos assassinos da empresária Rayra dos Santos Feitosa

A Polícia Civil, prendeu na terça-feira (14) na zona rural do município de Joselândia, o pistoleiro Romário Batista de Sousa, de 23 anos de idade. acusado de autoria dos disparos que mataram a empresária Rayra dos Santos Feitosa, na madrugada do dia 2 de maio, na frente da sua casa, no bairro Campo Dantas, na cidade de Presidente Dutra.

Bartolmeu (sem camisa) mandou Amós e Romário matar a esposa

De acordo com o delegado César Ferro, Romário estava escondido numa cabana no meio do mato. Desde a prisão de Bartolomeu Ribeiro (mandante) e Amós Américo (participante), a polícia civil passou a monitorar todos os movimentos de Romário até ter a certeza de onde ele estava.

Rayra dos Santos Feitosa, de 25 anos, era dona de uma pizzaria em Presidente Dutra

 “Foi aí que pedimos a cooperação da Guarda Municipal e da Policia Militar de São Roberto no sentido de prender esse elemento, o que de imediato foi feito”, declarou o delegado. Ao ser preso Romário Batista confessou ser ele o autor dos tiros que tiraram a vida de Rayra dos Santos Feitosa, conforme vídeo gravado pela polícia.

Bartolomeu Ribeiro da Silva confessou ser o mandante do assassinato da ex-esposa e empresária Rayra Santos Feitosa, em Presidente Dutra

Família de criminosos

Ainda de acordo com o delegado, junto com Romário estava um irmão dele, Luís Davi Batista de Sousa, preso por porte ilegal de arma de fogo. “Tão logo foi preso, o Luis Davi confessou o assassinato de uma pessoa identificada por Mateus; esse crime teria ocorrido há três meses nas proximidades da Tenda do Povão em Presidente Dutra”, finalizou César Ferro.

Amós Américo Alves, conhecido como “Negrete”, se apresentou na delegacia com advogado e ficou preso

Romário e Luis Davi saíram de Joselândia no final da tarde de terça-feira direto para a 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra, onde prestaram depoimentos.  Em seguida, os dois acusados foram encaminhados para a Unidade Prisional de Ressocialização de Presidente Dutra (UPR), onde ficarão à disposição da Justiça do Maranhão. (Com informações do Adonias Soares)

Confira o vídeo: 

Polícia Civil prende um empresário e funcionários do Supermercado Mateus por roubo de mercadorias, em São Luís

Agente penitenciário e o policial militar envolvidos com a quadrilha conseguiram escapar. Outros funcionários do Supermercado Mateus estão sendo caçados pela Polícia Civil. 

Uma quadrilha que vinha causando prejuízos para o Grupo Mateus foi desarticulada na noite de terça-feira,(14), pela Polícia Civil.  Dentre os integrantes do bando estão um empresário, um policial militar, um agente penitenciário e vários funcionários da rede de Supermercados Mateus.

Foram presos o dono do mercadinho “O Barateiro” localizado no Matões,(Turu), Antônio Marcos Cordeiro Guimarães, o funcionário do Mateus, Pedro Ivo de Oliveira Filho e Thiago Silva Pereira. Um caminhão carregado de mercadorias foi apreendido pela polícia. O agente penitenciário e o policial militar conseguiram escapar.

O empresário Antônio Marcos Cordeiro é acusado de comprar a maior parte das cargas roubadas e revender os produtos em seus estabelecimentos. Pedro Ivo era um dos responsáveis pelo deposito do Supermercado Mateus e o papel dele era facilitar a entrada dos caminhões para levar a carga roubada.

O negócio era tão lucrativo para a quadrilha que eles alugaram um galpão no bairro do João Paulo só para armazenar a mercadoria roubada. O caminhão apreendido e os acusados presos foram encaminhados para o Plantão Central do Cohatrac.

As equipes Polícia Civil trabalham ainda na madrugada para prender os que estão foragidos e outros funcionários do Grupo Mateus envolvidos no esquema.Mais detalhes dessa operação serão divulgados na manhã desta quarta-feira.

Motorista de carro lotação é executado a tiros na frente do filho em Panaquatira

A Polícia Militar (PM) informou que um homem identificado como Valdir Manoel da Silva Aguiar, conhecido como “Valtinho”, motorista de transporte alternativo, foi assassinado a tiros dentro do seu carro, um Ford Fiesta prata, na Estrada de Panaquatira, no bairro J. Câmara, em São José de Ribamar, por volta de 14h de segunda-feira (13).

Valdir Manoel foi executado na frente do filho, que é menor de idade e estava no banco do passageiro. O menino não sofreu nenhum ferimento, mas ficou em estado de choque.

Segundo informações de moradores, “Valtinho” foi baleado nas proximidades da feira, mas conseguiu dirigir por alguns metros, até parar o veículo. O assassino se aproximou e disparou mais tiros.

O crime, segundo as investigações preliminares, foi praticado por duas pessoas que estavam em uma motocicleta, sendo que na garupa estava uma mulher. A dupla fugiu para o lado do Mutirão.

A polícia ainda não prendeu nem identificou os autores do homicídio. O crime tem características de execução e pode de sido encomendado ou mesmo um acerto de contas.

Segundo da PM, Valdir Manoel da Silva Aguiar tinha passagem pela polícia pelos crimes de receptação e homicídio. Ele responderia também por estupro e porte ilegal de arma de fogo.

Mulher encontrada morta na UFMA era professora em Alcântara e morava no bairro São Cristóvão, em São Luís

Roseane Costa era professora de escola no município de Alcântara, no povoado Itamatatiua.

A Polícia Ciivil identificou o corpo da mulher que foi encontrada na manhã desta segunda-feira (11), dentro do Campus da Universidade Federeal do Maranhão (UFMA). Trata-se da funcionária pública municipal Roseane Costa, de 45 anos, que morava sozinha no bairro São Cristóvão.

A Polícia Civil chegou ao nome de Roseane após análise de impressões digitais, já que no momento da perícia não havia documentos junto ao corpo. A vítima apresentava marcas de agressões pelo rosto e indícios de que poderia ter sido esganada antes se ser morta.

A delegada responsável pelo caso, Viviane Fontinelle, diz que ainda aguarda laudo com a causa da morte, mas que tudo indica que trata-se de mais um caso de feminicídio. O caso está sendo acompanhado pelo Departamento de Feminicídios da Polícia Civil, localizado na Casa da Mulher Brasileira.

Até o momento, nenhum familiar de Roseane Costa – que também era professora de escola no município de Alcântara, no povoado Itamatatiua – foi até o Instituto Médico Legal (IML) para fazer o reconhecimento do corpo. Agora, a polícia aguarda a liberação das imagens de circuito de videomonitoramento da UFMA para tentar identificar algum possível suspeito. (Com informações do MA10)

Mulher é achada morta dentro do campus da UFMA, em São Luís

Vítima ainda não identificada foi encontrada na manhã desta segunda-feira (13) por uma funcionária da instituição que trabalha na área da limpeza. Delegado disse que a mulher ter sido esganada até a morte.

A Polícia Civil infrmou que o corpo de uma mulher que ainda não foi identificada foi encontrada na manhã desta segunda-feira (13) no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís.

Segundo a polícia, o corpo da mulher estava atrás do prédio da TV UFMA. A vítima, que é negra, estava com o seu vestido rasgado e foi encontrado por uma funcionária da instituição que trabalha na área da limpeza.

O delegado Arthur Benazzi, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), que investiga o caso, revelou que foram encontradas marcas de agressão nos olhos e na boca da mulher. Além disso, ele contou que há possibilidade dela ter sido esganada até a morte.

“As marcas são no rosto, são na boca. Ela foi bastante agredida na boca, no olho, mas há indícios que ela possa ter sido esganada, o que teria sido a causa da morte, mas isso só exame médico legal que vai confirmar, mas há aparentemente lesões que indicam isso”, disso o delegado Arthur Benazzi.

O delegado da SHPP contou que nenhum documento de identificação foi encontrado com a vítima e que o próximo passo nas investigações é aguardar a presença de familiares que possam colaborar sobre o fato. “Ainda não conseguimos nenhum documento e nem aparelho celular. A gente vai ter que aguardar a chegada de familiares na delegacia para coletar mais indícios do fato ocorrido como com quem saiu, se esteve em alguma festa na noite de ontem”.

O delegado Arthur Benazzi revelou também as imagens de câmeras de monitoramento que são utilizadas dentro do campus da UFMA serão utilizadas durante as investigações a fim de colaborar na elucidação do crime.“Nós estamos nos dirigindo para a Prefeitura do Campus para o recolhimento dessas imagens para ajudar nas investigações e nós vamos trabalhar com as imagens que obtivermos”, finalizou.

Uma viatura do Instituto de Criminalística (Icrim) foi levado para o local onde a mulher foi encontrada para realizar a remoção do corpo dela para o Instituto Médico Legal (IML). (Com informações do G1MA)

Jovem de Santa Rita é executado a tiros no bairro Vila Palmeira, em São Luís

O crime aconteceu no início da manhã deste domingo, na travessa Feliz. Mailon Muniz Mineiro, de 20 anos de idade, foi morto a tiros. Ele veio de Santa Rita visitar a mãe e comemorar o Dia da Mâes. 

A Polícia Militar (PM) informou que  na manhã de domingo (12), o jvem Mailon Muniz Mineiro, de apenas 20 anos de idade, conhecido como “Olhão”, foi morto com três tiros, no bairro da Vila Palmeira, em São Luís.

Segundo o delegado Jefrey Furtado, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), a vítima havia saído da casa da mãe dele na noite de sábado (11), para ir a uma festa.

Na madrugada, Mailon saiu da festa na companhia de algumas pessoas. Por volta das 8h deste domingo (12) ele estava caminhando pela Travessa Feliz, quando foi perseguido por três homens que efetuaram os disparos de arma de fogo. Ele morreu no local.

No momento do crime, conforme o delegado Jefrey Furtado, Mailon Muniz estava na companhia de uma adolescente, que já foi identificada e será ouvida. Além disso, a polícia já tem a identificação de um dos suspeitos de ter cometido o homicídio.

Segundo parentes, Mailon morava na cidade de Santa Rita e, há dois dias, ele veio para São Luís visitar a mãe. A polícia acredita que o crime tenha sido motivado por briga entre facções rivais. O caso está sendo investigado. (Com informações do Imirante) 

ASSISTA AO VÍDEO! Policiais espancam menor que tentou assaltar policial militar

Segundo versão dos policiais, um rapaz de 16 anos tentou roubar um cabo da Policial Militar, mas teria sido surpreendido.

Mais um caso de violência praticado por policiais militares contra um preso foi registrado em Teresina. Desta vez foi no bairro Santa Fé, zona Sul, em frente à Fundação Amor Pela Vida e em plena luz do sol. A viatura é do 13° Batalhão da Polícia Militar. O caso aconteceu na manhã de sábado (11).

Segundo versão dos policiais, um rapaz de 16 anos tentou roubar um cabo da Policial Militar, mas teria sido surpreendido. O comandante do 13° BPM, major Pessoa, disse que o policial conseguiu deter o assaltante e apreendeu a arma de fogo que estava com ele.

Depois da apreensão e já algemado o policial militar, que estava à paisana, da murros no abdômen. Outros dois policiais não impediram a violência. Um deles também deu um tapa nas costas e jogou o preso como um objeto imprestável no porta malas da viatura.

De acordo com a polícia, o cabo estava à paisana quando houve a tentativa de roubo do celular da. Os policiais também disseram que o adolescente estava armado, e em uma bicicleta. O menor foi levado para a Central de Flagrantes de Teresina.

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra claramente a agressão ao preso. O rapaz, após ser contido e algemado, acabou sendo agredido diversas vezes, antes de ser jogado dentro da viatura.

Pelas imagens do vídeo, os policiais poderão responder pelos crimes de agressão, lesão corporal leve, abuso de autoridade e tortura contra um menor, independente do rapaz ser infrator ou não. O papel da Polícia é investigar e prender e não bater ou torturar e cometer abuso de autoridade. (Piauí Hoje)

Confira o vídeo:

VEJA O VÍDEO! Bandidos assaltam supermercado em Poção de Pedras

A Polícia Militar (PM) informou que na última sexta-feira (10), uma dupla de bandidos, de cara limpa, realizou um assalto à mão armada no comercial Correão, em Poção de Pedras. O assalto foi registrado por câmeras de monitoramento do estabelecimento comercial.

No primeiro vídeo, é possível ver um dos criminosos anunciando o assalto e ameaçando as vítimas com uma arma de fogo. Depois, o outro membro da dupla aparece retirando o dinheiro do caixa. Ao todo, R$ 3 mil foram subtraídos do supermercado.

Após saírem do local, os criminosos ainda roubaram a moto de um casal para efetuar a fuga em direção à Esperantinópolis. Pelo fato da dupla não ter ocultado o rosto com máscaras, a polícia acredita que a identificação e captura dos elementos possa ser facilitada. (Carlinhos)

Confira o vídeo: