Colisão entre S-10 e Ford KA deixa um morto e cinco feridos na BR-343

Um acidente envolvendo dois veículos deixou cinco pessoas feridas e uma morta no Km 38 da BR-343, na tarde da última quinta-feira (11), nas proximidades do município de Buriti dos Lopes, quando um veículo modelo Ford Ka colidiu em uma caminhonete S-10.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal -PRF, o acidente ocorreu após uma tentativa de ultrapassagem do motorista do veículo modelo ford Ka em uma faixa continua quando colidiu de frente com a caminhonete que seguia sentido Parnaíba- Buriti dos Lopes.

Foram cinco feridos leves e uma passageira identificada como Neide Furtado Melo da Cunha, que saiu em estado grave para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Os motoristas que passavam pelo local ajudaram a socorrer as vítimas.

PM apreende mais de uma tonelada de maconha estocada dentro de um hotel

Uma operação conjunta da Polícia Federal e Polícia Militar resultou na apreensão de mais de uma tonelada de maconha em um hotel de Conceição das Alagoas, na madrugada desta sexta-feira (12). De acordo com as primeiras informações PF, a droga saiu do Mato Grosso do Sul com destino a Uberaba e Uberlândia. Quatro pessoas foram presas.

O delegado-chefe da Polícia Federal de Uberlândia, Carlos Cotta D’Ângelo, informou que entre os presos estão três homens e uma mulher. Eles foram conduzidos à delegacia da cidade para serem ouvidos pelo delegado de plantão. A quadrilha será indiciada por tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico.

Os presos em flagrante são do município de Ponta Porã (MS) e com eles também foram apreendidos três carros, sendo que dois deles faziam a escolta do veículo que transportava a droga.

Segunda apreensão

Essa é a segunda apreensão de maconha registrada nesta semana na região do Triângulo Mineiro vinda do Mato Grosso do Sul. Na última terça-feira (9), foram 700 tabletes de maconha apreendidos e 70 kg de skunk – considerada como “super maconha”. A apreensão ocorreu na MG-497 no perímetro de Uberlândia. Segundo as informações da Polícia Militar (PM), duas pessoas de 36 e 25 anos foram presas. (G1)

Policiais Militares entregam presentes para crianças da área Itaqui Bacanga

Policiais Militares do 1º BPM realizaram uma ação social na área do Itaqui/Bacanga, em comemoração ao Dia das Crianças, celebrado neste 12 de outubro.

A equipe entregou presentes para as crianças dos bairros Vila Verde, Alto da Esperança, São Mateus e Jacú.

Fizeram parte da ação os Sargentos Mauro, Frazão e Guilherme; os Soldados Jéssica, Jhon, Maycon, Barros, Leão, Pestana e Galdino e o Tenente Duarte.

Além dos PMs outros colaboradores também apoiaram ação e juntos fizeram a alegria dessas crianças neste dia 12 de outubro.

MA10

PRESIDENTE DUTRA!!!!! Menina de 13 anos degola o padrasto para defende a mãe da morte

O delegado regional César Ferro informou que uma menor de apenas 13 anos de idade degolou o padrasto, na noite da úlima quarta-feira (10), por volta das 22h, no Bairro São José, em Presidente Dutra, interior do Maranhão, tentando defender a mãe que no momento era agredida e ameaçada de morte pelo companheiro.

De acordo com o delegado César Ferro, Jaqueliane Silva Marques que estava com um bebê de dois meses no colo quando começou a ser agredida violentamente e ameaçada de morte com um faca pelo seu companheiro Josimar Oliveira de Carvalho. “A menor, vendo aquela situação com a mãe e o irmão de dois meses de idade sendo agredidos e prensados contra a parede, e aí ele começou empurrar a enteada e a ameaça-la com a faca; nesse meio termo ela conseguiu pegar outra faca e sem olhar, deu um golpe pra trás atingindo o padrasto no pescoço que morreu na hora”, declarou César Ferro

Ainda em depoimento, mãe e filha relataram a César Ferro, as constantes agressões que sofriam de Josimar Oliveira, principalmente quando este chegava em casa embriagado. “Segundo elas, certa vez ele pegou o bebê da rede e jogou no chão, quase matando a criança”, afirmou o delegado

Mãe e filha se apresentaram espontaneamente na delegacia, prestaram depoimento e foram liberadas. “Ao que tudo indica até o momento, é que se trata de uma legítima defesa mesmo, porque todos são unânimes em falar que o indivíduo era bastante agressivo com sua companheira e seus filhos”, finalizou César Ferro. (Adonias Soares)

HUMBERTO DE CAMPOS!!! Ciganas são presas comprando animais com dinheiro falso

Polícia apreendeu no acampamento  R$ 4.850 falsos e porção de maconha 

Maria Neide da Rocha Machado, de 20 anos, e Maria Iraneide da Rocha Machado, de 30 anos

Policiais do 27° BPM prenderam, por volta de 10h30 de quarta-feira (10), duas ciganas que estavam fazendo compras com dinheiro falso na cidade de Humberto de Campos, localizada a 178 km de São Luís. No momento da prisão, no povoado Bacaba, ela estavam com mais de R$ 4 mil em cédulas falsas. Elas pertencem a uma quadrilha de ciganos que estão aplicando golpes na região do Munin. 

As mulheres foram identificadas como Maria Neide da Rocha Machado, de 20 anos, e Maria Iraneide da Rocha Machado, de 30 anos, ambas residentes  no Recanto dos Pais, na cidade de Chapadinha.

Entre as vítimas, que receberam cédulas falsas dos golpistas, estão Luisa da Silva, residente no bairro Bacaba, para quem Maria Iraneide tentou passar R$ 50,00 no seu estabelecimento comercial; Jose da Silva e Silva, morador do povoado Bacaba, que vendeu um porco para o bando e recebeu R$ 450,00; Evandro Amorim Zonte, residente no povoado Bom Jesus, que vendeu uma burra e recebeu R$ 2 mil;  Carlos Augusto da Silva Santos, residente no povoado  Bom Jesus, que vendeu um animal e recebeu R$ 750,00 reais;  e Milson Silva Santos, residente no povoado Bom jesus, que vendeu 2 animais e recebeu 1.700,00 reais.

Dinheiro falsificado, ceclulares e uma porção de maconha

Dinheiro falsificado e maconha 

No acampamento dos ciganos, foram apreendidos R$ 4.850,00 em espécie de cédulas falsas; três celulares, uma faca, um canivete e uma porção de maconha.

De acordo com informações da PM, uma guarnição foi acionada por uma das vítimas que relatou que existia um grupo de ciganos dando golpes no povoado Bacaba, com dinheiro com falsificado. Ele teria vendido um animal e recebido R$ 2 mil em cédulas falsas.  No local, outras vítimas apareceram relatando ter sofrido o mesmo golpe.

A guarnição se deslocou até o rancho dos ciganos, mas maioria correu ao avistar a viatura. Apenas duas mulheres foram abordadas. Com elas, foi encontrada uma porção de maconha. Populares informaram que dentre os acusados que adentraram no mato alguns estavam armados.

Tiros nos policiais 

A guarnição solicitou reforço e adentrou no matagal, chegando a avistar alguns deles que ainda fizeram disparo de arma de fogo contra os policiais. Eles abandonaram uma criança de onze anos, filho de um dos ciganos.

A guarnição realizou diversas incursões no matagal, na tentativa de localizar os outros integrantes do bando, mas não logrou êxito. As conduzidas juntamente com o material foram apresentadas na delegacia de Humberto de Campos, sem lesões corporais, para as devidas providências. O menor ficou sob custódia do Conselho Tutelar. (Portal do Munin).

Bebê de um 1 anos passa 3 dias ao lado do cadáver da sua mãe dentro de casa

Antes do crime, o marido dela teria dito que iria se matar.

Uma mulher de 38 anos foi encontrada morta na casa onde morava, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. O bebê dela, de pouco mais de um ano de vida, foi achado sozinho no local junto com o corpo da mãe.

A Polícia Civil informou que o marido dela, que não teve a identidade divulgada, é considerado suspeito de ser o autor do crime e está desaparecido. A vítima foi identificada como Shirley Souza.

A Polícia Civil está trabalhando já com essa hipótese de feminicídio. O companheiro dela que, em tese, foi quem acionou a polícia falando que ela teria se matado, não foi encontrado até agora. A equipe está no encalço, mas até o momento não foi localizado”, explicou à TV Anhanguera o delegado Maurício Passerini, que apura o caso.

Marido sumiu 

O Conselho Tutelar de Luziânia foi procurado para saber quais medidas foram tomadas em relação ao bebê, mas os responsáveis pelo caso não foram localizados.

A reportagem também tentou contato com o delegado, por telefone, entre 14h05 e 14h30, mas as ligações não foram atendidas, e as mensagens não haviam sido respondidas até as 15h03.

Uma parente da vítima disse à TV Anhanguera que tentou contato com o marido de Shirley várias vezes por mensagem, mas que ele respondeu apenas que iria se matar, sem dizer onde estava ou revelar qualquer outra informação. Indignada com o que aconteceu, ela também pediu por justiça. (G1)

FEDERAÇÃO DOS PREFEITOS!!!!! Boa gestão credencia reeleição de Cleomar Tema

O prefeito Cleomar Tema, da cidade de Tuntum, estabeleceu-se como candidato natural à reeleição para a presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), biênio 2019/20. Tema, nestes quase dois anos, vem executando um trabalho transparente e focado no fortalecimento das cidades maranhenses.

Paralelo a isso, o líder municipalista promoveu uma aproximação institucional saudável e importante entre os gestores municipais, o governo do estado, órgãos de controle externo e os deputados e senadores maranhense que atuam em Brasília. Foram várias as ações e vitórias obtidas na atual gestão de Cleomar Tema.

Foi graças a uma articulação da Famem, que, pela primeira vez na história, parlamentares destinaram diretamente ao setor da Saúde dos municípios emendas de bancada. A Federação ganhou uma nova sede, bem estruturada e equipada para receber bem prefeitos e prefeitas de todas as regiões.

A gestão Cleomar Tema ampliou o oferecimento de cursos de capacitação gratuitos destinados aos técnicos municipais. Tal medida já beneficiou quase 1.400 assessores e vem contribuindo, sobremaneira, para qualificar as administrações, tornando-as mais eficientes e ágeis.

Aumento do FPM

A entidade propôs ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), de maneira inédita, a retirada dos programas federais dos limites de gasto com pessoal das prefeituras. O mecanismo está sendo analisado pela Rede de Controle.

Realizando visitas permanentes à Brasília, Tema mobilizou deputados e senadores, que votaram a favor do aumento de 1% no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para setembro.

Destaque também para a luta que resultou na implantação do Custo Aluno Qualidade inicial, bem como o parcelamento da devolução dos recursos retirados das prefeituras por força do ajuste do Fundeb, em 2017.

PEC corte de contas 

Junto à Assembleia Legislativa, o atual presidente conseguiu que fosse iniciado o processo de análise da Proposta de Emenda Constitucional que limita atos da Corte de Contas, evitando, desta forma, ingerência externa nas administrações municipais.

A intermediação da Famem perante o governo estadual também permitiu que diversos municípios recebessem novos investimentos na saúde, tais como ambulâncias e unidades de atendimento. Outra vitória importante obtida por Cleomar Tema é o processo de habilitação de 117 municípios maranhenses na gestão plena do sistema de saúde.

“Muitas foram as conquistas alcançadas nestes quase dois anos, é verdade. No entanto, temos a consciência de que muito ainda precisa ser feito pela municipalidade. E é por isso que queremos permanecer e continuar executando este trabalho em favor das cidades de nosso estado”, afirmou o presidente.

Servidora pública denuncia que foi brutalmente espancada após criticar Bolsonaro

Agressões ocorreram em um bar de Recife, no último domingo.

A servidora pública Paula Pinheiro Ramos Pessoa Guerra, de 37 anos, afirma ter sido espancada em um bar em Recife, no Pernambuco, após criticar ideias do candidato Jair Bolsonaro (PSL).  As agressões teriam ocorrido no último domingo. A reportagem com o relato foi publicada pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

Paula Pinheiro diz que foi agredida por uma mulher que estava em uma mesa de apoiadores do capitão reformado do Exército. Enquanto era esmurrada, outros três homens imobilizaram os garçons do local e uma pessoa que a acompanhava. A servidora fraturou o rádio e foi submetida a uma cirurgia na noite do domingo. Paula está com hematomas no rosto e escoriações em todo o corpo.

Paula relata que havia uma mesa com quatro pessoas. Após iniciar a conversa sobre as ideias de Bolsonaro, conta que dois homens passaram a falar de mulheres em um tom bastante agressivo.

“Foi tão agressivo que eu filmei com o meu celular. Depois, fui para a minha mesa. Uma mulher que estava com eles se dirigiu a mim, mandou eu levantar e já me deu um murro no rosto. Caí no chão e comecei a ser espancada. Só a mulher me agrediu. Entrei em pânico”, diz.

Nesse momento, de acordo com Paula, outros três homens que acompanhavam a agressora imobilizaram os garçons. “A pessoa que estava comigo também foi imobilizada. A mulher, após várias agressões, estourou o meu celular no chão. Eu não lembro direito de tudo o que ocorreu porque fui muito agredida”, contou.

Fonte: G1

Primeiro cego eleito deputado no Brasil é engenheiro e conquistou 84 mil votos

Aos 6 anos, Felipe Rigoni começou a sofrer um longo processo de infecções que resultou em um colapso ótico, com quatro deslocamentos de retina e 17 cirurgias. Nove anos depois, ele estava cego. Hoje, aos 27, ele é o primeiro deficiente visual a ser eleito para o Congresso Nacional – com mais de 84 mil votos. “Na vida, você tem a liberdade de escolher que atitude tomar diante das circunstâncias”, disse Rigone.

Claro, o otimismo não foi uma reação imediata. “O baque foi brutal”, recorda. No começo, Rigone entrou em depressão profunda e engordou 140 quilos. “Eu comecei a contestar o meu valor como pessoa. Por que aquilo estava acontecendo comigo?”.

Aos poucos e com a ajuda de familiares e amigos, Rigone foi redescobrindo a própria força e decidiu se dedicar a ser uma pessoa melhor. Primeiro, fez faculdade de Engenharia Mecânica em Ouro Preto, Minas Gerais. “Eu adorava a vida de república em Ouro Preto, de tomar uma cervejinha com os amigos e tudo o mais”. Além disso, aprendeu a tocar violão e virou faixa marrom em jiu-jítsu. “Agora que a campanha acabou, vou voltar para o jiu-jítsu”, diz.

Mas foi após um curso de coaching em desenvolvimento humano que ele começou a se interessar por política. “Me candidatei a vereador por minha cidade (Linhares, no Espírito Santo), em 2016. Honestamente, foi bom não ter entrado naquela vez. Naquela época, eu seria uma voz sozinha e ainda inexperiente na política. De político despreparado o País está cheio.” Depois dessa experiência, ele partiu para um mestrado em políticas públicas em Oxford, na Inglaterra.

Quando voltou da Inglaterra, resolveu tentar de novo. Rigone entrou para o movimento Acredito (renovação na política), foi um dos bolsistas do RenovaBr e líder da Fundação Estudar. “Costumo dizer que não sou muito bom em ser cego. Não uso bengala, não me dei bem com cão guia e não gosto muito de ler em braile. O que eu faço mesmo é viver rodeado de pessoas”, afirma.

Depois de eleito, ele conta que já recebeu uma ligação de funcionários da Câmara dos Deputados para saber o que ele iria precisar em termos de acessibilidade para exercer o seu mandato. Por enquanto, o único pedido de Rigone foi, segundo ele, a colocação de sinais táteis no painel de votação e a instalação de um software de leitura nos computadores do seu futuro gabinete.

Eleito pelo PSB capixaba, Rigone promete cortar metade dos cargos que o seu gabinete tem direito e selecionar os funcionários através de um processo seletivo. Ele pretende também atuar pela educação básica e pela igualdade de oportunidade para todos. “Mas o meu trabalho inicial será em prol de uma reforma tributária”, diz.

Sobre o segundo turno das eleições presidenciais, o futuro deputado diz que “o Brasil está na pior situação possível”. Para ele, nem Fernando Haddad (PT) e nem Jair Bolsonaro (PSL) são as respostas que o País precisa. Rigone garante que não irá anular o voto, mas não pretende declarar em qual dos dois deve votar.

Cego desde os 15 anos, conta que, eventualmente, pede para que algumas pessoas descrevam os políticos com que ele vai lidar. “Mas, na maioria das vezes, eu apenas escuto. Tenho uma habilidade de entender o estado de espírito de quem fala comigo. Sei se está feliz, se está triste, se está mentindo…Não me interesso muito pela parte física, mas muito mais pelo caráter”, afirma.

A deficiência visual será uma barreira no Congresso Nacional?

Não. A Câmara é bastante acessível e já me ligaram dizendo da colocação de sinais táteis no painel de votação. Sou uma pessoa bastante sensível. Pela voz das pessoas consigo entender tudo o que está acontecendo ao meu redor.

Quais são suas principais propostas como deputado federal?

O meu trabalho inicial será em prol de uma reforma tributária. Mas também vou atuar pela educação básica e pela inclusão. Acredito em igualdade de oportunidades.

No segundo turno, você pretende votar em Bolsonaro ou Haddad?

Esse foi o pior dos resultados para o Brasil. Não acredito na política de nenhum dos dois. Mas nunca anulei um voto. Vou votar em um deles. Mas meu voto não será declarado. (Terra)

ASSISTA!! Filha e namorado matam a mãe com injeção de ar para ficar com herança

Paloma Botelho, de 21 anos, é suspeita de ter matado a própria mãe, a comerciante Dircilene Botelho Garcia, com a ajuda do namorado. O caso aconteceu em Petrópolis, na região serrana do Rio. O assassinato foi descoberto pelo padrasto que, de acordo com as investigações, encontrou um vídeo que mostra a suspeita e o homem no quarto da vítima. O crime teria ocorrido devido à uma herança.

Na gravação, a filha aparece com um saco plástico e depois uma seringa na mão. Em seguida, a câmera flagra o namorado puxando a vítima pelas pernas.

Em outro trecho, o homem aparece mexendo no armário. As imagens mostram também o casal de roupas íntimas e usando luvas cirúrgicas, além de ter flagrado a jovem explicando ao namorado como se usa um estetoscópio, aparelho médico usado para escutar os batimentos cardíacos. Segundo a polícia, depois que confirmam a morte, o casal altera a cena do crime.

Aborto de bebê

De acordo com o delegado Claudio Batista Teixeira, quando o marido chega em casa, se depara com a mulher trancada no quarto. Ele entra no cômodo pelo banheiro. Nas imagens, Paloma aparece acompanhando o padrasto e fala ao celular.

Logo o Samu chega e tenta reanimar a vítima, mas acaba atestando a morte por causa indeterminada. O casal foi indiciado e vai responder pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e dissimulação.

A Polícia Civil revelou que Paloma Vasconcelos disse em depoimento que começou a planejar a morte da própria mãe em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, depois de ser obrigada a abortar um bebê em 2017.

Confira o vídeo: