Polícia descobre que depósitos de contrabandos eram vigiados por major, sargento e soldado da PM

 

Policiais militares do BOPE e do Departamento de Inteligência e Assuntos estratégicos estouraram, ás 18hs de hoje (2), mais um depósito de mercadorias contrabandeadas na entrada do Rio Grande, Zona Rual de São Luís, provavelmente de origem do Suriname.  Os policiais ainda se encontram no local.

A Polícia encontrou várias cargas de cigarros e whisky. Este foi o terceiro depósito clandestino usado pelos contrabandistas que foi estourado pela Polícia em São Luís. O primeiro foi no bairro Arraial, no Quebra-Pote, Zona Rural de São Luís (21). O segundo foi descoberto dois dias depois na Vila Esperança.

De acordo com a polícia, os contrabandistas tinham a segurança das mercadorias feita por um major, um sargento e um soldado, todos da PM. Hoje foram presos o delegado Thiago Bardal, ex-superintendente da SEIC, o advogado Ricardo Belo, por suposto envolvimento com a máfia do contrabando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.