Flávio Dino confirma a debandada de 11 titulares de pastas que vão disputar as eleições de outubro

O governador Flávio Dino (PC do B) confirmou, durante recente entrevista coletiva na cidade de Imperatriz, que em meados de março desse ano, todos os secretários e presidentes de órgãos estaduais que serão candidatos em outubro vão deixar suas pastas. Todos vão disputar cargos de deputado federal e estadual.   

De acordo com informações do próprio governador, apurações de bastidores e anúncios dos secretários de Estado e presidentes de órgãos que já anunciaram as pré-candidaturas, 11 gestores deixarão suas pastas para disputar cargos nas eleições do mês de outubro desse ano.

Na entrevista, o governador Flávio Dino revelou já que já vem estudando os nomes dos que assumirão as pastas deixadas pelos pré-candidatos. Os nomes dos substitutos ainda permanecem em segredo, no campo da especulação, mas logo serão conhecidos por todos.

Conforme informações do Blog Marrapá, já confirmaram pré-candidaturas o secretário da Casa Civil Marcelo Tavares (PSB); o secretário de Comunicação e Articulação Política Márcio Jerry (PC do B); o secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista (DEM).

Assembleia e Câmara Federal  

Também devem disputar o secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo (SD); secretário de Trabalho Julião Amin (PDT); secretário de Agricultura, Márcio Honaiser, (PDT); secretário de Agricultura Familiar Adelmo Soares (PC do B) e o secretário de Meio Ambiente Marcelo Coelho (PSB).

Quem também está no páreo e vai disputar cargo nas eleições é o presidente do PROCON/MA, Duarte Júnior (PC do B); presidente da Agência Executiva Metropolitana Pedro Lucas Fernandes (PTB); Presidente da Comissão de Licitação, Odair José (PC do B).

Marcelo Tavares, Evangelista, Marcio Honaiser, Adelmo Soares, Marcelo Coelho, Duarte Júnior e Odair José são pré-candidatos a deputado estadual. Já Marcio Jerry; Julião Amin; Simplício Araújo e o vereador Pedro Lucas Fernandes são pré-candidatos a deputado federal.

                                              Marcelo Tavares (PSB)

                                                      Márcio Jerry (PC do B) 

                                                 Neto Evangelista (DEM) 

                                                     Simplício Araújo (SD)

                                               Adelmo Soaes (PC do B)

                                              Julião Amin (PDT) 

                                              Márcio Honaiser (PDT )

                                             Marcelo Coelho (PSB)

                                              Duarte Júnior (PC do B)

                                                  Pedro Lucas (PTB)

                                                Odair José (PC do B)

Nota: O secretário Marcelo Coelho disse que não é candidato a nada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.