A mala e a frasqueira! deputado Levi Pontes e o prefeito Magno Bacelar fumam o cachimbo da paz

Depois de protagonizarem um escândalo que invadiu a blogosfera e foi parar nas telas da Rede Globo e na Comissão de Ética da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Levi Pontes (PC do B) e o prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar (PV), fumaram o cachimbo da paz e voltaram a ser parceiros na política.

Tudo começou quando o deputado Levi Pontes foi gravado, confessando que cobrou apoio político do prefeito Magno Bacelar (PV), para garantir aval do Governo do Estado para manter a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Chapadinha. O áudio bomba foi amplamente divulgado e causou forte repercussão.

No áudio, Levi confessa que Magno Bacelar é “mala” e pediu que o deputado convencesse o governador a manter a UPA com recursos do Estado. “Me pediu para manter e para melhorar a Prefeitura, pelo menos um pouco, mais um ano”. Resposta minha: “Depende, prefeito. Se o senhor me tratar bem posso conseguir”.

Parcerias e aliança   

Os ânimos foram acalmados quando Magno Bacelar visitou Levi, na quinta-feira (8), para hipotecar solidariedade e reafirmar a parceria. “Fiz questão visitar Levi para manifestar reconhecimento de sua luta em favor de Chapadinha, e reafirmar o apoio e parceria pelo bem do povo da nossa terra”, disse.

Magno Bacelar aproveitou a oportunidade para deixar claro que nunca foi pressionado a nada pelo deputado Levi Pontes. “A manutenção da UPA, da forma como é hoje, já era consenso entre a Prefeitura de Chapadinha e o Governo do Estado, e neste ponto o deputado Levi só fez ajudar a todos”, declarou.

O prefeito também lembrou que a parceria entre ele e Levi vem desde a eleição de 2016. “Eu e o Levi temos uma aliança política desde 2016, quando fui eleito. Desde que assumi a prefeitura, o povo de Chapadinha conquistou muitos benefícios, frutos de nossa parceria com Levi Pontes”, confessou Magno.

Assistam ao vídeo do prefeito Magno Bacelar: :

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.