População de São Luís vive mais um dia de caos porque o prefeito não resolve problemas crônicos

A população de São Luís enfrentou sérios problemas e prejuízos materiais no dia de hoje (14), ocasionados pelas fortes chuvas que castigam a cidade desde as primeiras horas de terça-feira (13), e também porque o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) não consegue resolver os graves problemas crônicos da capital maranhense.    

Na região do Mercado Central, por pouco uma mulher não morre afogada dentro do seu próprio Corsa Classic, de cor prata, que ficou quase submerso. A mulher só não morreu porque foi socorrida por agentes da Secretaria Municipal de Trânsito que trabalham no Centro.

O caos foi registrado também no  Bairro do Retiro Natal, onde os motoristas enfrentaram sérios problemas para trafegar na avenida, por causa da grande inundação e a buraqueira que tomou conta da via pública e não foi tapada pela Prefeitura.

Na Forquilha, um enorme engarrafamento se formou no  acesso à Avenida Jerônimo de Albuquerque e às estradas de Ribamar e da Maioba. Recentemente, o Estado e a Prefeitura gastaram milhões para drenar e pavimentar a área, mas os problemas crônicos continuam.

No Bairro do Coroado, a venida principal foi totalmente encoberta pelo do aguaceiro que tomou conta das ruas. Na Rua Raimundo Correa, no Monte Castelo, os moradores não conseguiram sair  de suas casas para o trabalho e tiveram móveis destruídos.

A chuva também provocou problemas no Caminho da Boiada, João Paulo, na Praça Maria  Aragão e na Avenida dos Africanos, onde alguns carros foram cobertos pela água e motoristas e moradores sofreram prejuízos, com  a destruição de carros, móveis e utensílios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.