Prefeito decreta que alunos carentes só entram na sala de aula usando sapatos pretos

Bigu posa com as crianças mas não respeita o direito delas

O prefeito do município de Santo Antônio dos Lopes, localizado a 310km de São Luís na região Central do Maranhão, Bigu de Oliveira (PSDB), se envolveu em mais uma polêmica que invadiu as redes sociais e  com certeza vai ter repercussão nacional.

A denúncia foi feita por pais de alunos e pela vice-prefeita do município de Santo Antônio dos Lopes, Priscyla Freitas – cabeça de chapa do prefeito Bigu de Oliveira na eleição passada – que desabafou sobre o problema em sua página pessoal no Facebook.

“Dar o uniforme escolar, mas impor condição à entrada na escola (ou melhor, ao acesso à educação) ao uso do sapato preto viola não apenas um direito fundamental, como também constrange os pais e os alunos que sofrem com a falta de dinheiro para atender essa exigência”, disse Priscyla.

A imposição do prefeito Bigu revoltou também o internauta Jangular Souza, que ficou constrangido ao ver as crianças sendo barradas e humilhadas na porta das escolas de Santo Antônio dos Lopes, porque não usavam sapatos pretos. “Essas crianças carentes às vezes não têm nem o que lanchar antes de ir à escola”,  afirmou Jangular.

Vejam as denúncias:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.