Jovem portadora de câncer de Itapecuru-Mirim padece em São Luís em busca de um leito de UTI

A família de Lucielle está desesperada e pede ajuda

A jovem Lucielle Baltazar, de 23 anos, residente em Itapecuru-Mirim, é mais uma personagem do drama da espera por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na rede pública de saúde de São Luís.

Lucilene Baltazar está internada no Hospital Municipal Djalma Marques, o “Socorrão” I, no Centro da capital maranhense, com câncer, e espera por um leito de hospital especializado há uma semana.

A mãe de Lucielle, Cláudia Baltazar, reclama que espera por promessas não cumpridas. “Minha filha só toma remédio para dor e febre. O tratamento dela não é aqui. Por favor, eu peço ajuda”, suplicou.

Providências de outra natureza

Cláudia contou que veio a São Luís com a filha , depois que ela reclamou de  dores abdominais. Lucielle deu entrada no “Socorrão I”, passou por  uma cirurgia para retirar o ovário esquerdo, teve alta  mas 10 dias depois voltou a ser internada sentindo fortes dores.

Consultado sobre o caso, o defensor público, Cosmo Sobral, declarou que “é direito da família  ter acesso ao prontuário médico e ao relatório médico da paciente, descrevendo o quadro de gravidade, para tomar as providências legais de outra natureza”.

Com informações do G1Ma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.