Tatuado com ‘ladrão e vacilão’ na testa é preso por furtar desodorantes e volta a ser internado

O jovem saiu pela primeira vez sozinho da clínica e voltou a aprontar

Após ter sido preso por furtar desodorantes de um supermercado, o jovem de 18 anos, que teve a testa tatuada à força em 2017 com a frase “eu sou ladrão e vacilão”, foi solto mediante pagamento de fiança de R$ 1 mil. e voltou a ser internado na clínica onde faz tratamento contra dependência química, e realiza sessões para remoção da tatuagem.

A fiança foi paga por Sérgio Castillo, dono da Clínica Grande House.  A assessoria de imprensa da Clínica informou que o rapaz teve uma recaída, durante o processo de ressocialização, que previa saídas acompanhadas, e, por esse motivo, não poderá mais deixar o local até um novo diagnóstico garantir que ele tenha condições de convívio social.

Cinco desodorantes

De acordo com informações da Polícia Civil, o jovem foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) após furtar cinco frascos de desodorante do mercado, na Estrada Arão Sahm, no Jardim Nipon. Ele havia escondido os produtos dentro da roupa e foi flagrado.

Segundo o boletim de ocorrência registrado na delegacia de Maririporã (SP), o dono do estabelecimento viu o rapaz colocando objetos dentro da calça. Ao sair do local, o comerciante abordou o jovem e descobriu que ele estava com frascos de desodorante escondidos na calça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.