Escândalo em Timon: vereadores denunciam contratação de “caçambas fantasmas” e pagamento de propinas para votar projetos

Aderson Pêgo e Dr. Tuá podem perdem seus mandatos na Câmara

O Ministério Público do Estado do Maranhão (MPE) precisa, urgentemente, fazer uma faxina na Câmara Municipal de Timon, onde os vereadores da Casa estão trocando sérias acusações, que podem culminar com a perda de seus próprios mandatos.  

Na sessão da última segunda-feira (26), o líder da Oposição, vereador Anderson Pego, e o vice-líder do G-5, vereador Dr. Tuá, trocaram acusações sobre aluguéis de “caminhões caçambas fantasmas”, e de recebimento de propinas  de R$ 5 mil de loteamentos.

Em discurso na tribuna da Câmara de Timon, o vereador Anderson Pêgo declarou:  “Se o prefeito [Luciano Leitoa] tivesse amor no coração, as caçambas, que tem caçamba de vereador alugada, não estariam com 9 meses atrasados. Já soube até que tem caçamba fantasma, que está recebendo sem trabalhar”, afirmou o parlamentar.

Na mesma sessão, o vereador Dr. Tuá revelou na tribuna da Câmara: “Eu falei com o Marcelo Almeida porque não voto mais loteamento, porque um vereador prometeu a outro vereador que ele ia receber R$ 5 mil se votasse no projeto e só deu R$ 1500,00. Presta atenção presidente! Aí eu fui no vereador que recebeu os R$ 1500,00, aí ele disse, ‘ele disse mesmo!’e ainda disse que foi que ficou com o dinheiro..”.  

“..Como é que vou votar no parcelamento senhor Marcelo se isso nunca foi esclarecido. Ah, mais porque a população vai ser prejudicada, vai! Esse bandido que está fazendo isso tem que ser prejudicado. Num é assim não! Quer dizer que é só a população que é prejudicada? Ele recebe a propina, se deu bem e o povo fica prejudicado e ele só ganhando dinheiro”, declarou Dr. Tuá.

As declarações foram registradas na ata da sessão da última segunda-feira (26) da Câmara Municipal de Timon, reproduzidas por meio de denúncias na imprensa, e podem servir de provas para responsabilizar os vereadores Anderson Pêgo e Dr. Tuá, que não respeitam a população que os elegeu para defendê-la no poder Legislativo municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.