Polícia caça homem que matou mulher a tiros no clube de reggae KMS no Bairro de Fátima

Josiane Costa foi morta com tiros na cabeça no clube de reggae 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Delegacia de Homicídios, determinou a realização de várias diligências, para prender um homem que matou a tiros, uma mulher identificada como Josiane Costa, de 34 anos.

Josiane Costa foi morta no tiroteio, ocorrido no Bairro de Fátima, em São Luís, na noite de domingo (8), quando estava no clube de reggae KMS Shows e foi alvejada na cabeça, por um homem que foi expulso da festa e retornou atirando.

De acordo com informações prestadas dos policiais da Delegacia de Homicídio, o suspeito pelos tiros e pela morte de Josiane Costa conseguiu fugir do local, e agora está sendo procurado em todos os cantos da Ilha de São Luís.

Alvo era o segurança 

Segundo a polícia, outras três pessoas também foram atingidas no tiroteio e o  alvo principal seria um segurança da festa de reggae, que se desentendeu com o atirador, que não estava com a arma quando foi abordado ao entrar no KMS Show.

O segurança relatou que o desconhecido saiu do estabelecimento, mas voltou armado e teria dito: “Eu te falei que ia voltar para te matar”. De imediato, o assassino passou a fazer disparos que terminaram acabando a vida de Josiane Costa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.