Polícia apreende quase meia tonelada de cocaína, maconha e crack em apenas três meses

 

Mais de 3.600kg de maconha foram apreendidos em Miritiua, São José de Ribamar

De janeiro a março deste ano, a Senarc apreendeu mais de 360 quilos de drogas, um volume considerado 93% maior, se comparado a igual período de 2014, quando 22 quilos foram tirados de circulação no Maranhão. Com o trabalho realizado pela polícia, houve redução das ocorrências de tráfico em bairros da capital, como Cohafuma e São Cristóvão; e também nos bairros de São José de Ribamar.

Em 2015, as apreensões do primeiro trimestre cresceram 94% em relação a igual período de 2014. Ainda em 2015, a Senarc tirou do tráfico 1,5 toneladas de drogas,14 vezes mais que em 2014, quando foram apreendidos 104 quilos.

Em comparação a 2016, que registrou 2,9 toneladas apreendidas, em 2017 foram mais de 7,1 toneladas, representando aumento de 139%. Em valores estimados, as apreensões de 2017 geraram um prejuízo de mais de R$ 17 milhões ao tráfico.

200 mil pés de maconha foram queimados em Maracaçumé, Centro do Guilherme e Centro Novo

Maconha avaliada em R$ 5 milhões

As grandes apreensões de maconha foram registradas em 2016, com 136 mil pés e no ano passado, com a marca de 167 mil espécies destruídas. Todo o montante renderia quase seis toneladas desta droga, avaliadas em R$ 5 milhões.

A Senarc informa que em dezembro doe 2017, 800 quilos de maconha prensada foram apreendidos no Conjunto Novo Horizonte, em Paço do Lumiar, outra ação importante da Superintendência, na desarticulação do tráfico de drogas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.