Garota sequestrada no Renascença trabalha na Defensoria Pública e foi socorrida na Assembleia Legislativa

Todo dia o bandido rouba as pessoas no Renascença

A jovem de 22 anos que foi sequestrada na manhã de ontem (13), nas proximidades da Clínica São Marcos, no Renascença, trabalha na Defensoria Pública do Maranhão, foi socorrida por funcionários da Assembleia Legislativa.

Seguranças e servidores da Assembleia Legislativa, no Sítio Rangedor, Cohafuma, perceberam que uma jovem estava no estacionamento, em prantos, dentro do seu VW Voyage, de cor Bege, com placas de Paço do Lumiar,

Chorando muito e traumatizada, a jovem que não quis se identificar relatou que estava perto da Clínica São Marcos, quando o perigoso bandido que fugia depois de um assalto, colocou um revólver na sua cabeça e a obrigou a facilitar a fuga.

Vila Conceição  

A jovem relatou  que foi obrigada a levar o bandido para uma rua perto da Vila Conceição. “O bandido roubou meu relógio e meu óculos. Eu pedi para ele deixar minha bolsa, que tinha documentos do meu pai, que está internado na UTI”, disse.

Depois de socorrida na Assembleia, a jovem foi levada para casa pelo irmão e pelo chefe imediato dela na Defensoria Pública do Estado do Maranhão, onde a moça trabalha. Familiares e amigos registraram a ocorrência policial na delegacia.

Momentos antes, o mesmo assaltante até o momento não identificado roubou celulares, de um carro que estava estacionado no Renascença. O bandido age perto da Clínica São Marcos, na Avenida Colares Moreira, no bairro Renascença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.