Oficina “martelinho de ouro” servia de fachada para vender cocaína no Cohatrac, Cohab e Turu

Os quatro presos foram autuados e levados ao Presídio de Pedrinhas

Policiais da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) prenderam quatro suspeitos de tráfico de drogas no conjunto Cohatrac, identificados como Marcus Vinícius da Luz Moraes, Renato José Sá da Silva e Adailton Luís Nunes Oliveira. Segundo a Senarc, Renato José da Silva já foi sido preso pela Polícia Federal, no ano de 2005, pelo crime de tráfico de drogas.

O trio foi preso quando saía da residência de Renato Silva, na Rua 5, casa 13, Cohatrac 4. Com eles os policiais encontraram vários invólucros, de tamanho mediano, contendo cocaína, pesando, aproximadamente, 700 gramas e duas balanças de precisão.

De acordo com os policiais, na residência de Marcus Vinicius, localizada na Rua 3, quadra 8, casa 51, no Conjunto Itaguará II, foram encontrados dois rádios comunicadores e um invólucro contendo cocaína, pesando cerca de 250 gramas da droga.

A Hilux, Fiesta e a moto estavam na oficina “martelinho de ouro”

Drogas e carros na oficina

Ao realizar fazer buscas na oficina “Martelinho de Ouro”, de Marcus Vinicius, na Estrada da Maioba (Forquilha), a polícia prendeu Jhony Carlos Mendonça de Oliveira, que estaria associado aos demais presos para vender drogas no Cohatrac, Cohab e Turu.

Na oficina, os policiais apreenderam um revólver 32, munição, dois invólucros de cocaína e uma balança de precisão, R$ 1.822,00, em espécie, uma Toyota Hilux, placa OJB-4436; Ford Fiesta, placa NMQ-5187; e uma Moto CG 125, placa NWS-0813.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.