Promotor de eventos e suplente de vereador é executado com cinco tiros

Sandro trabalhava também como corretor de imóveis e empréstimos consignados

A Polícia Militar informou que o suplente de vereador e promotor de eventos, Sandro Pinheiro dos Santos, mais conhecido pelo apelido de “Sandro do Abelha”, de 30 anos, foi executado com cerca de 5 tiros à queima roupa, no povoado Abelha, localizado às margens da rodovia MA-119,  há 3 km da cidade de Lago do Junco.

De acordo com informações da polícia, o crime aconteceu no final da noite de sexta-feira (21), na porta do clube, local onde a vítima morava e promovia suas festas bastante conhecidas e prestigiadas na região dos lagos. Sandro do Abelha  morreu no local do crime.Os criminosos fugiram com destino ignorado.

Segundo a polícia, depois das 23 horas quando dois homens chegaram em uma moto Bros. O que estava na garupa desceu e falou para as pessoas que estavam no local: “ninguém se mexe!” A vítima  tava sentada na porta do salão e foi atingida com 5 disparos à queima roupa, sendo 4 tiros no rosto, e um no peito.

Quatro filhos

Os familiares relataram que Sandro morava com Fátima, já num segundo casamento e  deixa 4 filhos, e trabalhava como corretor de imóveis e empréstimos consignados. Sandro natural de Lago da Pedra. Nas eleições de 2016, concorreu a vaga de vereador pelo PSDB e recebeu 226 votos, ficando na suplência.

A polícia esteve no local, realizou  os primeiros levantamentos sobre mais um assassinato em nossa região com características de um crime encomenda. Até o momento a polícia ainda nãos prendeu os criminosos, que estão sendo caçados em todos os municípios da região do Médio Mearim, onde ocorreu o crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.