“Acertos de contas”: duas pessoas são executadas a tiros no final de semana em Açailândia

Juscelir Damasceno estaria envolvido com agiotagem e jogo

A Polícia Militar do Estado do Maranhão (PMMA) informou que duas pessoas foram brutalmente executadas, a tiros, no último final de semana, em “acertos de contas” na cidade de Açailândia, localizada a 562 quilômetros da capital, na região Oeste Maranhense.

De acordo a polícia, a primeira vítima de execução foi Juscelir Damasceno, de 24 anos, assassinado no começo da noite de sexta-feira (27), a tiros, na Rua Dom Pedro I, na Vila Maranhão, perto do Estádio Municipal da cidade de Açaiândia.

Juscelir foi morto quando ia tomar banho. Um desconhecido chegou e disparou quatro tiros de revólver, acertando o tórax e cabeça da vítima.  Há 15 dias, Juscelir sofreu outra tentativa de homicídio, levou um tiro nas costas e sobreviveu.

Fernanda teria envolvimento com outros crimes na região Tocantina

Morte do professor

Conforme a polícia, a segunda vítima de execução foi Fernanda Oliveira, que foi presa em novembro do ano passado, suspeita de envolvimento na assassinato do professor Ruimar Almeida, morto durante um assalto a uma farmácia.

Os policiais militares relataram que o crime aconteceu quando Fernanda Oliveira foi a um comércio próximo da sua casa, comprar algumas coisas e alcançada pelos executores, que estavam de carro. Fernanda foi morta com um tiro nas costas.

A polícia ainda não sabe os motivos dos crimes, mas suspeita se tratar de “acertos de contas”. Juscelir era envolvido com agiotagem e jogo, e Fernanda Oliveira suspeita de envolvimento em outros crimes na região Tocantina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.