Bebê de um ano morre carbonizado em incêndio dentro da sua casa em Timon

O bebê estava deitado neste quarto da casa

Um bebê de um ano e um mês de idade morreu carbonizado durante incêndio em uma residência localizada no Residencial Miguel Arraes, em Timon, no Maranhão, registrado por volta das 08h da manhã desta quinta-feira (03).  A criança foi identificada como Thiago Henrique Araújo. 

De acordo com as primeiras informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros de Timon , a mãe do menino, identificada como Cláudia Soares, não estava em casa no momento do incêndio. Moradores da região se juntaram e conseguiram conter as chamas antes da chegada dos Bombeiros.

Os móveis ficaram destruídos com o incêndio

Em entrevista ao Agora da Rede Meio Norte, a mãe afirmou que deixou o bebê  em casa na companhia dos outros dois filhos, de 6 e 3 anos, para ir comprar medicamento em uma farmácia

A mãe do bebê disse que saiu para comprar remédio

“Eu saí de casa por volta das 07h para comprar um remédio para eles e deixei a chave com a minha mãe e a outra com meu menino de seis anos. Quando ele acordasse era para chamar a minha mãe que mora do outro lado da rua para pegar eles. E aí meu filho acordou e foi chamar, mas só que no intervalo que ele foi, quando eles voltaram a casa já estava pegando fogo. Pelo que eu soube [após o incêndio], os vizinhos arrombaram a casa e pegaram o de três anos, mas ele não sabia que irmão deus ano estava dentro. A casa estava totalmente em chamas, não tinha como a gente entrar de jeito nenhum”, contou.

Os vizinhos na frente da casa onde o bebê morava

Bastante abalada, ela conta como ficou sabendo do incêndio.”Quando eu cheguei a primeira coisa que meu [outro filho] me disse  foi que a casa havia pegado fogo”,  relatou.

Cláudia Soares foi levada para prestar esclarecimentos na Central de Flagrantes. Após investigação será avaliado se a mãe poderá responder pela morte do filho.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, já foi confirmado preliminarmente problemas em uma das tomadas da rede elétrica da casa, o que pode ter provocado as chamas.

Uma equipe da Perícia foi acionada para averiguar o que, de fato, ocasionou o incêndio. Os Bombeiros também confirmaram que o corpo da criança ficou carbonizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.