Polícia prende mais um dos assassinos do taxista no Cruzeiro de Santa Bárbara

“Black” foi preso e levado ao Presídio de Pedrinhas

A Polícia Civil prendeu Fernando Figueiredo Junior, de 20 anos, suspeito de participar do latrocínio contra o taxista Luis Carlos Mousinho da Silva, de 63 anos, morto no dia 24 de dezembro de 2017, perto do cemitério do Cujupe, no Cruzeiro de Santa Bárbara.

Segundo a polícia, “Black”, como é conhecido, é o segundo suspeito de participar do latrocínio e de outros crimes cometidos no bairro São Raimundo, e inclusive de ter roubado um policial militar e ter levado a arma de fogo da vítima.

João Pedro também foi preso por envolvimento no crime

Outro preso

Após três meses de investigação, o crime contra o taxista foi totalmente elucidado. Depois da realização dos procedimentos legais, “Black” foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerá à disposição do Judiciário.

No final de março, policiais do 15º Distrito prenderam João Pedro Santos Silva, 18 anos. Segundo da polícia. João Pedro é o principal suspeito de participar do latrocínio contra o taxista Mousinho. O crime revoltou a população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.