Delegado da Polícia Federal morto por bandidos é sepultado no Parque da Saudade

O caixão do delegado sendo levado para o túmulo

O delegado da Polícia Federal Davi de Farias Aragão foi sepultado na tarde deste domingo (6) no Cemitério Parque da Saudade no bairro Vinhais, em São Luís. A autoridade policial fo brutalmente assassinada por três bandidos, depois de ter sua casa invadida no sábado (5), no Bairro do Araçagy, na Região Metropolitana de São Luís.   

Durante o sepultamento familiares, amigos e colegas prestaram as últimas homenagens à vítima. Davi era chefe da Delegacia de Repressão aos Crimes Fazendários e há mais de 12 anos trabalhava na Polícia Federal. No momento do crime o delegado e seus familiares comemoravam o aniversário de cinco anos da sua filha.

O delegado foi morto nesta casa da família, no Araçagy

Segundo as primeiras investigações da Polícia Civil, o delegado foi morto por três disparos de arma de fogo, facadas e além disso, ele teve algumas mordidas pelo corpo. A principal hipótese trabalhada pela polícia é que Davi tenha sido vítima de um latrocínio (roubo seguido morte).  Mas a polícia também trabalha com outras hipóteses.

Familires, amigos e colegas prestaram homenagens ao delegado

Após o crime, os três criminosos identificados como Davi Costa Martins, Wanderson de Morais Baldez e Leandro fugiram do local do crime. A polícia conseguiu prender Wanderson, após ele tentar atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Luizão em São Luís. Os outros dois criminosos continuam foragidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.