Polícia prende três acusados de matar a menina de 10 anos na porta da igreja

José Ricardo, Gabriel Caldas e Natanael Pacheco foram presos

Policiais do 6º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Maranhão conseguiram prender, na manhã de quinta-feira (10), no Residencial Albino Soeiro, na região da Cidade Olímpica Jose Ricardo de Castro Lobato, Gabriel Messias Gomes Caldas e Natanael Pacheco Moura. Com os três a polícia apreendeu uma arma de fogo.

Segundo da Polícia, os três homens são suspeitos de participar da morte da menina de apenas 10 anos, identificada como Nuciele Nadia de Brito Ferreira, vítima de bala perdida na terça-feira (8), quando saia da igreja, na Cidade Olímpica, em São Luís.

A menina Nuciele foi mais uma vítima da violência

Segundo a Polícia, todos fazem parte de uma facção criminosa e foram levados para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). A polícia agora está procurando por membros de outra facção, envolvida na troca de tiros em via pública.

Povo pede Justiça 

Segundo informações da polícia, a menina e a sua mãe estavam retornando de um culto quando ouviram disparos de arma de fogo. Logo em seguida, a mãe de Nuciele percebeu que a sua filha havia sido atingida por uma bala na região da cabeça.

A menina foi socorrida e encaminhada para Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão 1), onde foi internada em estado grave, mas faleceu.  O crime revoltou a população de são Luís e do Estado do Maranhão, que pede justiça e a punição dos culpados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.