Bandidos sequestram os famíliares de tesoureiro do Banco do Brasil e roubam R$ 400 mil

Agência do BB de Pedro II, no Piauí

A esposa, identificada apenas como Francília, e a filha do tesoureiro do Banco do Brasil do município de Pedro II (PI) foram encontradas sem ferimentos na manhã de sexta-feira (18), após terem sido sequestradas no município. As duas haviam sido levadas de carro por seis homens depois de um roubo que eles realizaram à agência do BB da cidade.

A polícia militar informou que os bandidos conseguiram levar do Banco em torno de R$ 400 mil e que o crime ocorrido hoje com a família do tesoureiro, o qual não identificou, foi na modalidade conhecida como ‘sapatinho’. Neste tipo de delito, os criminosos, através de coação, sequestram parentes de uma determinada pessoa – no caso, o funcionário do Banco-, e ameaçam matar as vítimas como forma de pressionar o parente a liberar dinheiro para os bandidos.

De acordo com o coronel Sousa, comandante do Comando Meio Norte, seis homens em uma caminhonete abordaram a família hoje pela manhã quando eles estavam saindo de casa, e acabaram sequestrando Francília, um filho de dois anos, uma filha e o tesoureiro.

O assalto

“Eles renderam todos, levaram de carro e ficaram com eles na Hilux. Aí um dos bandidos foi no banco com o tesoureiro e fez com que ele sacasse o dinheiro. Depois que eles terminaram a ação, os bandidos soltaram o funcionário do banco e o filho de dois anos. Como garantia para que não entregassem os bandidos, eles levaram a mãe e a outra filha, e só liberaram elas cerca de 45 minutos depois”, explicou Sousa sobre como aconteceu todo o crime.

O agente Jean Carlos, da PRF de Pedro II, confirmou que Francília e a filha foram encontradas sem ferimentos e pareciam bem. Jean Carlos disse que depois de mãe e filha terem sido deixadas próximo à Usina Santana, pegaram uma carona e foram levadas até próximo à sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PI), em Teresina.

“Elas foram encontrada sim, e agora depois foram levadas a Greco, onde prestaram depoimentos”, disse Jean Carlos. A polícia segue em busca dos sequestradores. Até o momento, nenhum dos bandidos foi encontrado pela polícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.