Polícia detona “Júnior Matador”, o “rei” dos pistoleiros da Baixada Maranhense

Airton Belfort Mendonça Costa, vulgo “Júnior Matador”

A Polícia Militar do Estado do Maranhão (PMMA) informou que o elemento Airton Belfort Mendonça Costa, vulgo “Júnior Matador”, de 29 anos, pistoleiro de aluguel, foi morto na sexta-feira (22), em confronto com policiais militares no Povoado São Pedro, na cidade Viana, localizada a 213KM São Luís, na Baixada Maranhense.

Segundo denúncia anônima feita ao comando da Polícia Militar da Baixada, na sexta-feira (22), por volta das 6h20m, “Júnior Matador, o suspeito de liderar um grupo de extermínio em várias cidades, seguia para praticar um homicídio no povoado Santa Maria dos Tejus.

A polícia informou que o pistoleiro estava em uma motocicleta quando recebeu ordem de parada em uma barreira da guarnição da Força Tática. Contrariando a PM, “Júnior matador” parou cerca de 20 metros antes, sacou uma arma e disparou em direção aos policiais. Os policiais reagiram e “matador” foi atingido.

 Grupo de extermínio

De acordo com informações da polícia, para não ser baleado, o tenente Givanildo se jogou no mato. O pistoleiro havia escapado de um cerco policial no dia 24 de abril deste ano, quando foi preso seu cúmplice, Cleudo Márcio da Silva Mendonça, o ‘Cara de Jaca’.

Segundo o major Fábio, lotado no quartel de Viana, ‘Cara de Jaca’ e ‘Júnior Matador’ são considerados de alta periculosidade e fazem parte de um grupo de extermínio que atua na Baixada Maranhense. Levado para o hospital de emergência Dr. José Murad acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.