Homem que viveu 30 anos pelado em ilha é “capturado” pelo governo

Masafumi Nagasaki é um eremita de 82 anos que adotou uma forma “liberal” de viver: sem roupas. Ele curte sua vida com liberdade e tranquilidade em uma ilha deserta totalmente longe da civilização. Lá ele sobreviveu a terremotos, mosquitos, furacões, tudo sem nem ter roupas para vestir. No entanto,  ele foi pego por autoridades e obrigado a viver novamente no continente, em uma casa cedida pelo governo.

Entenda

O eremita chegou ao na ilha no ano de 1989. Seu destino foi a Sotobanari, uma das Ilhas Yaeyama. A ilha não foi escolhida sem motivo: ela é uma das poucas desertas do Japão, onde raramente até pescadores param.

Antes do isolamento, ele era um fotógrafo . Ele não era religioso ou gostava de estilo de vida ao ar livre, mas ficou horrorizado com uma onda de poluição na cidade onde morava, Nigata. Ele foi para as ilhas por dica de um amigo e pretendia passar dois anos lá, mas acabou 30.

Ele não decidiu ficar nu por conta própria, mas quando um tufão levou todas as suas roupas. Em 2012, ele ficou mundialmente famoso ao dar uma entrevista para a Reuters sobre seu estilo de vida. Na época, ele disse que seu único desejo era morrer em seu lar. Mas o governo não achou a ideia muito boa, porque o trouxe de volta, segundo o jornal News.au. O motivo pode ter sido uma gripe muito forte, que pode ser fatal para um senhor de 82 anos.

Fonte: Meio Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.