Câmara Federal aprova piso salarial de R$ 1.550,00 para agentes comunitários de saúde

Agentes comunitários de saúde são importantes para a população

Uma luta longa e intensa que está rendendo frutos: o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta (11) a Medida Provisória 827/18, que aumenta o piso salarial da categoria dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias em 52,86% ao longo de três anos. A matéria precisa ser votada ainda pelo Senado, mas já representa uma grande vitória.

Com isso, o salário atual de apenas R$ 1.014,00 passará a ser de R$ 1.250,00 em 2019, em 2020 passa a ser de R$ 1.400,00 e em 2021 chega a R$ 1,550 reais. No Maranhão, milhars de profissionais da área se mobilizaram em busca de apoio da classe política pela aprovação tanto da regulamentação e reconhecimento da atividade, quanto de um salário mais adequado à importância da atividade desenvolvida pela categoria.

Assim, ainda em 2017 os agentes comunitários de saúde e endemias visitaram parlamentares pedindo apoio nessa empreitada, uma das adesões mais atuantes foi a do então deputado federal Silas Freire. A partir daí começou todo o processo de tramitação primeiro do PL 6437, que ficou conhecido como lei Ruth Brilhante e regulamentou a atividade da categoria, uma conquista que deu confiança para lutar em seguida por um salário mais justo para eles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.