Homem preso por espancar a ex-namorada estudante de Enfermagem ameaça matá-la quando sair da cadeia

Thiago ganhou preventiva e tornozeleira de presente

A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) informou que o homem identificado como Thiago Pereira da Silva, acusado de agredir e ameaçar de morte a ex-namorada, foi preso na quarta-feira (11) por policiais militares quando se encontrava em um bar, na Avenida Litorânea.  

Thiago é acusado de descumprir medida protetiva de urgência, prevista na Lei Maria da Penha. Esta é a sexta vez que ele é preso por crime de violência doméstica. A vítima das agressões e ameaças é a jovem estudante de Enfermagem, Jully Rêgo de Lima.

Tornozeleira eletrônica

A delegada da Delegacia Especial da Mulher (DEM), Wanda Moura, revelou que Thiago Silva tem várias passagens pela polícia, desde 2015, mas foi solto pode determinação judicial. Com mais essa, o poder Judiciário decretou sua prisão preventiva.

De acordo com a delegada Wanda Moura, na última vez em que Thiago Pereira da Silva foi preso, ficou sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, mas, continuou fazendo ameaças à Jully, sua ex-namorada, até que ela denunciou o acusado na delegacia.

A jovem Jully está sendo ameaçada de morte por Thiago

Fotos íntimas

A delegada Wanda disse que Thiago é perigoso e que deve ficar preso. Durante os meses em que ficou foragido, infernizou a vida da Jully fazendo constantes ameaças, além da divulgar fotos e vídeos íntimos de outras mulheres que se pareciam com a vítima.

“Thiago divulgava para os contatos com a ex-namorada, dizendo que se tratava dela. Ele fazia para difamar atacar a honra dela. De tanto sofrer essas agressões, Jully fez tratamento psicólogo e tomou antidepressivos”, informou a delegada Wanda Moura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.