ENVENENAMENTO EM GRAJAÚ: homem se mata e deixa uma carta pedindo perdão

Um homem identificado pela Polícia Militar (PM) como Francisco das Chagas Monteiro, de 39 anos de idade, foi encontrado morto em estado de putrefação dentro da casa em que morava no bairro Mangueira, setor rodoviário. A policia foi acionada sobre o caso, se dirigiu para o local e encontrou a vitima deitada em um colchão e ao seu lado, uma carta de despedida manuscrita de caneta preta.  A carta dizia o seguinte:

“Avisa a Maria que eu o amava, que Deus tenha piedade de minha alma, peço desculpas à todos peço perdão. Obrigado a todos principalmente Marly e dona Rosinha e Zé Maria perdão não tive forças. A visa a Maria que a perdoo, que ela siga sem culpa”.

Veja cópia da carta na foto:

Frascos de veneno 

Francisco  ainda deixou escrito números de telefones do Estado de Minas Gerias, para quem encontrasse a carta ligasse nos números anotados. A policia encontrou no local frascos de veneno, para a policia os vizinhos afirmaram que a vitima dizia que não aguentava mais e iria dar fim em sua vida.

A polícia informou que o rapaz estava passando por depressão e que os nomes das pessoas citadas na carta, seriam os conselheiros do homem que o orientavam para que não tirasse a vida.

O corpo foi encontrado na Rua Travessa Antônio Teles em frente a Foto Arte, os vizinhos só encontraram o mesmo após sentirem falta e resolveram arrebentar a porta, foi quando deram de cara com o corpo em decomposição.

Com informações do Blog De Olho em Grajaú

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.