Mulher com dois úteros engravida em ambos e dá à luz gêmeos

Jennifer, o marido e os gêmeos

Além da surpresa de descobrir que estava esperando gêmeos em dezembro do ano passado, a inglesa Jennifer Ashwood recebeu dos médicos a notícia de que tinha dois úteros e cada feto estava se formando em um deles. Esse tipo de gestação é tão rara que se estima que a chance de ocorrer seja de 1 em 500 milhões. Menos de 100 casos desse tipo já foram registrados em todo o mundo.

A maioria das mulheres com a condição de Jennifer, conhecida como útero bicorno, carrega apenas um bebê em um dos lados. Foi o que aconteceu com a inglesa durante a primeira gestação. Ela se tornou mãe de Millie, de 8 anos, acreditando que seu útero era perfeitamente comum. Só na gestação dos gêmeos, é que descobriu a condição que, apesar de não diminuir a fertilidade, aumenta ligeiramente o risco de aborto e parto prematuro.

Ultrassom de Jennifer

Na 34ª semana de gestação, Jennifer deu à luz o filho Piran e a filha Poppy, ambos saudáveis. “Ter dois úteros já é raro, mas ter um óvulo em ambos, depois os dois serem fertilizados, e então ambos os óvulos estarem na parte certa … é um pequeno milagre. Você acha que conhece bem o seu corpo, mas você pode se surpreender”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.