Cortejo em carro dos bombeiros marca despedida de Dr. Damasceno em São Luís

Corpo do ex-secretário e ex-vereador foi sepultado sob forte comoção e homenagens

O corpo do ex-vereador e advogado João Damasceno Corrêa Moreira (PSL), de 61 anos, foi sepultado na tarde de sexta-feira (03), sob forte comoção, saudade e homenagens de familiares, amigos e admiradores. O caixão foi conduzido por quase meia hora pelas ruas do bairro da Liberdade e depois, sobre o carro de Corpo de Bombeiros, acompanhado por cadetes da corporação militar seguiu em cortejo percorrendo um trajeto de 15 km para ser sepultado no Cemitério Jardim da Paz, na Rodovia MA-201, Km 06 – Estrada de Ribamar, região do município de São José de Ribamar.

Muito emocionados, os familiares do advogado criminalista não seguraram as lágrimas quando o caixão desceu ao túmulo, sob forte comoção. Todos os presentes cravaram o adeus ao jurista com uma calorosa salva de palmas.  O corpo de Damasceno deixou o Palácio Pedro Neiva de Santana, prédio sede da Câmara Municipal de São Luís (CMSL), por volta das 15h30 com destino ao bairro onde ele morou por longos anos. Milhares de pessoas ocuparam às ruas da comunidade para acompanhar o cortejo fúnebre.

Lágrimas e muita tristeza nos olhares, nos gestos e nas expressões estampadas nos rostos de uma multidão de gente simples que admirava um de seus líderes.

O filho, Crystopher Plekanovsky, permaneceu quase intacto ao lado do caixão durante a maior parte do velório. Ele resumiu o que o seu pai representou em sua vida e na de seus irmãos. “Ele era uma pessoa muito boa. Ao longo desse tempo todo, nunca mudou. Isso prova que ele tinha uma personalidade muito forte. Sempre foi o mesmo”, ressalta Plekanovsky.

Os vereadores Astro de Ogum (PR), presidente da Casa; Silvino Abreu (PRTB) e Sá Marques (PHS) e os ex-vereadores Rose Sales (PMN) e Fábio Câmara (PMDB) estiveram na cerimônia fúnebre para dar o ultimo adeus. Secretário municipal do governo Conceição Andrade entre 1993 e 1996, Bazar como ficou conhecido, era muito admirado pelos colegas que sempre recorriam aos seus conselhos e orientações enquanto esteve na Casa Legislativa. Ele também foi chefe da Controladoria Geral do Município na gestão do prefeito João Castelo entre 2009 e 2012.

“Nada mais justo do que essa homenagem ter ocorrido aqui, que é a Casa do Povo, onde o Damasceno também passou, mas mesmo no curto espaço de tempo, conseguiu deixar sua contribuição. São Luís hoje perde um grande advogado. Damasceno, grande liderança da área Liberdade deixou, sem sombra de dúvida, o seu legado neste Parlamento”, comentou Astro de Ogum.

ÚLTIMO ADEUS REÚNE LIDERANÇAS   

Várias autoridades estiveram presentes, no plenário da Câmara de São Luís ao longo do dia, para dar o último adeus ao ex-vereador e advogado João Damasceno (PSL). Políticos, empresários, lideranças comunitárias e familiares lotaram o Plenário Simão Estácio da Silveira para a cerimônia fúnebre.

Dentre as autoridades presentes, estava o juiz Osmar Gomes dos Santos, titular da 1ª Vara do Júri da Comarca de São Luís, que lamentou a perda do amigo e declarou que recebeu, a notícia do falecimento com muita tristeza.O magistrado disse ainda que, “Damasceno foi um exemplar advogado criminalista do nosso Estado”.

ENTIDADES MANIFESTAM PESAR

Entidades de advocacia também divulgaram uma nota de pesar pelo falecimento de Damasceno. A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), solidarizou com familiares e amigos do advogado criminalista e ex-vereador de São Luís. Já a ANACRIM – Associação Nacional da Advocacia Criminal lamentou profundamente o falecimento do jurista, um dos grandes nomes da advocacia criminal do Maranhão, que ao partir, deixou lições de amizade, profissionalismo e ética.(DiretCom).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.