Enquanto uns estagnam e outros caem, Rubens Júnior sobe nas pesquisas

Arrancada pode levar candidato do PCdoB a uma retumbante vitória em São Luís

A pesquisa da Econométrica/TV Guará que aferiu o cenário eleitoral em São Luís após as convenções, e que apontou o candidato a prefeito Rubens Jr. (PCdoB) na quarta colocação, mostrou na realidade, um panorama que pode modificar radicalmente toda a trajetória dessa eleição. O deputado federal licenciado saltou de pesquisas anteriores, em que pontuava entre 3% e 3,5% para 6% na preferência do eleitorado da capital maranhense, o que caracterizar um crescimento de 100%.

Foi o único a alcançar esse patamar. Os coordenadores de sua campanha soltaram rojões e fazem prognósticos mais otimistas. Estimulados pelo ritmo de uma frenética campanha, embalada pela confiança e desempenho do candidato, que tem uma linha de comunicação muito fácil junto ao eleitorado de todos os segmentos.

Há uma série de fatores que justifica esse crescimento. Rubens conta com o apoio de um companheiro de chapa, o candidato à vice mais empenhado nessa campanha, que é o vereador Honorato Fernandes (PT).

Além disso, tem o respaldo que lhe dá o PCdoB, partido do governador Flávio Dino e, da articulação do presidente da agremiação partidária, deputado federal Márcio Jerry, que é seu coordenador de campanha.

Nota-se ainda que dentre todos os candidatos, Rubens é o que tem o empenho mais visível dos vereadores de sua coligação. Um dos exemplos mais cristalinos é o comportamento do vereador Astro de Ogum, primeiro vice-presidente da Câmara Municipal e correligionário do candidato majoritário. Ele está mais do que empenhado nessa campanha, articulando encontros com grupos comunitários em todas as regiões da cidade. O mesmo acontecendo também com os vereadores Paulo Victor, Fátima Araújo e Concita Pinto, candidatos à reeleição.

Pelo que se tem visto desde o último domingo, quando a coligação do candidato comunista realizou uma das mais empolgantes carreatas em São Luís, sua movimentação de campanha tomou conta da cidade. Seu nome já está impresso na mente do eleitorado e a expectativa é de que seu crescimento será vertiginoso.

DESVENDANDO NÚMEROS

No cenário espontâneo, Rubens Jr aparece com 4,4% dos votos válidos, enquanto no cenário estimulado, o candidato do partido do governador Flávio Dino chega a 6% da preferência do eleitorado ludovicense, aparecendo em 4º lugar em ambos os cenários. Levando-se em conta a margem de erro, Rubens Jr, pode inclusive está na segunda colocação, conforme o detalhamento da pesquisa Econométrica.

EXEMPLO DE DÓRIA EM SP

Em meados de julho, de 2016, um mês antes do início da campanha eleitoral, o prefeito de São Paulo, João Dória tinha apenas 6% de intenções de voto em uma pesquisa do instituto Datafolha. Quatro adversários apareciam à frente dele.

Numa campanha mais curta que em eleições anteriores, provavelmente nem o próprio candidato do PSDB fosse capaz de imaginar que, dois meses e meio depois, ele estaria comemorando o triunfo no primeiro turno para a Prefeitura da maior cidade do país. O que explica o crescimento que o levou aos 3.085.187 votos (53,29% do total) que lhe deram a surpreendente vitória em sua primeira disputa de uma eleição?

A arrancada de Doria se deu, praticamente, no último mês da campanha eleitoral. O candidato antes “desconhecido” do eleitorado, que surgiu com discurso falando em necessidade de “acelerar a cidade” e “gastar sola de sapato”, ganhou adesão de novos eleitores a cada semana de setembro, mostraram as pesquisas divulgadas ao longo do mês.

Um mês antes do início da campanha eleitoral, em 15 de julho, ele tinha 6% das intenções de voto, quando Celso Russomano (PRB) tinha 25%, Marta Suplicy (PMDB) tinha 16%, Luiza Erundina (PSOL) tinha 10% e Fernando Haddad (PT) tinha 8%. Brancos, nulos, nenhum ou os que não sabiam em quem iriam votar eram, no total, 23%.

Esse exemplo serve para ilustrar o que já pode está acontecendo em São Luís, onde Rubens Jr., dá um salto nas pesquisas logo no início de sua campanha, onde firma compromissos com a população e angaria apoio dos mais variados segmentos. O núcleo de sua campanha acredita que ele deve estar iniciando uma alavancada extraordinária rumo à vitória no próximo dia 15 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *