Cães e gatos testaram positivo para o novo coronavírus, no Rio de Janeiro, diz estudo

Ainfecção de cães e gatos pelo coronavírus é mais frequente do que se imaginava, é o que revela um estudo realizado por pesquisadores do Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio de Janeiro. As informações são do jornal O Globo.

Segundo a reportagem, os pesquisadores encontraram uma taxa de positividade de 11,25% em 311 pets testados. Esse é o estudo com maior amostragem sobre o Sars-CoV-2 e animais de estimação já realizado no Brasil.

Por conta do vírus ser transmitido de seres humanos para os animais, não foram testados especificamente pets de pessoas infectadas, o que aumentaria a chance de haver animais com o vírus, e mesmo assim houve uma significativa positividade nos animais testados, o que indica a elevada disseminação da pandemia.

Foram examinados 251 cães e 60 gatos de São João de Meriti, na região metropolitana do Rio. Eles foram testados com autorização dos tutores pela técnica padrão ouro para a detecção do Sars-CoV-2, o exame molecular de RT-qPCR. Os pesquisadores descobriram que 19 cachorros e seis gatos testaram positivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *