Estudante de Medicina mata os pais e tira a própria vida em ritual satânico

Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, teria feito um ritual antes de assassinar a facadas o médico Paulo Oliveira Cesar, de 68, e sua mulher

Estudante de medicina mata os pais, comete suicídio e deixa mensagens macabras no ES

O estudante de medicina Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, é suspeito de ter assassinado os próprios pais, em Vila Velha, na Grande Vitória. Os crimes aconteceram na madrugada de quarta-feira (4). As vítimas foram o médico urologista Paulo Oliveira Cesar, de 68 anos, e sua mulher, Raquel Heringer Cesar, de 61. O universitário foi encontrado sem vida no mesmo local.

Após atentar contra a vida dos pais, Guilherme teria ligado para um parente. A esse familiar, o estudante afirmou que havia feito uma “bobagem”, de acordo com o jornal Tribuna de Vitória. Logo depois, o jovem se suicidou.

Jovem deixou mensagens satânicas no local do crime

Os policiais fizeram perícia no apartamento, por mais de 2h. No local, encontraram uma série de mensagens escritas em folhas da Bíblia e nas paredes. Paulo Oliveira Cesar também era pastor evangélico.

Os policiais fizeram perícia no apartamento, por mais de 2h. No local, encontraram uma série de mensagens escritas em folhas da Bíblia e nas paredes. Paulo Oliveira Cesar também era pastor evangélico.

Simbolo que representa a marca da Besta, segundo cristãos 

Em uma página do livro Apocalipse, estava escrita a mensagem “ele me obrigou”. Em uma parede e nas portas de dois cômodos foram grafados os números 666. A Polícia Militar confirmou que as fotos foram tiradas dentro do imóvel.

Uma outra imagem mostra o desenho de um crucifixo, um pentagrama e os versículos do Apocalipse que dizem: “Festejai ó céus, o diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”.

Uma Bíblia com mensagens foi encontrada no local

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa. “O caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca”, diz a corporação, por meio de nota.

“O suspeito do duplo homicídio, filho do casal, cometeu suicídio logo após o crime. A arma utilizada no crime foi apreendida e será encaminhada à perícia”, acrescenta o texto.

Os corpos do casal foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para serem liberados para os familiares e para ser feito o exame cadavérico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.