Com síndrome de Down, filha de Romário divulga carta aberta para Ministro da Educação

Romário

Ivy Faria, de 16 anos, filha de Romário, divulgou no Instagram uma carta aberta para Milton Ribeiro, Ministro da Educação. A jovem, que possui síndrome de Down, fez o desabafo após a fala do ministro sobre alunos com a mesma condição de Ivy.

Em entrevista à TV Brasil, Milton afirmou que crianças com deficiência “atrapalham”, o aprendizado de outros alunos sem o mesmo quadro, já que “a professora não tinha equipe, não tinha conhecimento para dar a ela atenção especial”.

Muito triste, iniciou a menina, que postou uma foto sua escrevendo em um papel. Na legenda, ela disse:Seu ministro da Educação, aqui é a Ivy, eu estou muito triste com Sr. Sabe, eu tenho síndrome de Down, sou uma pessoa com deficiência, e sou estudante. Eu estudo para ter um futuro e ajudar o meu país. Eu não atrapalho ninguém”.

“Frequento uma escola regular, onde há jovens com e sem deficiência, cada um aprende no seu tempo, ninguém é igual. A minha presença e a de outras pessoas com deficiência não é ruim, muito pelo contrário, desde a escola, meus coleguinhas aprendem uma lição que parece que o Sr. não teve a oportunidade de aprender, que a diversidade faz parte da natureza humana e isso é uma riqueza”, afirmou Ivy.

A fala do senhor revela muita falta de educação. Como pode achar que a deficiência torna alguém incapaz de estudar? A deficiência não nos torna incapaz de nada, basta que tenhamos oportunidade. Tem advogado cego, tem relações públicas com síndrome de Down, e tem mais um monte de gente com deficiência formado na universidade e trabalhando pro Brasil“, pontuou a filha de Romário.

“E pra dar aquele orgulho e mostrar com muito talento a nossa força de vontade de superar tantas barreiras, vem aí as Paralimpíadas com dezenas de atletas dando muito orgulho e nos enchendo de motivação. Seu Ministro, uma criança com deficiência em sala de aula contribui mais com a educação deste país do que o senhor neste ministério.., concluiu. (Terra)

Ivy tem 16 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.