Rodoviarios ameaçam nova greve de onibus em São Luís

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, algumas empresas não pagaram os salários atrasados dos trabalhadores após reunião com a Prefeitura.

Os rodoviários de São Luís podem cruzar os braços novamente após descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho e do acordo celebrado no dia 1º de novembro. O anúncio foi feito pelo Sindicato dos Rodoviários do Maranhão nesta quinta-feira (4) por meio de ofício.

Segundo o documento, algumas empresas não cumpriram o acordo de pagar os salários atrasados dos rodoviários mesmo após o repasse da Prefeitura de São Luís. O documento lista cinco empresas que não quitaram os débitos com os trabalhadores: Autoviária Matos Ltda, Viação Abreu, Planeta/São Benedito, Ratrans e Pelé/Patrol.

As empresas citadas em sua maioria fazem parte do Consórcio Upaon-Açu que atende a região da Cidade Operária e Cidade Olímpica.

Os rodoviários paralisaram as atividades durante 11 dias e retornaram após um acordo entre a Prefeitura de São Luís, rodoviários e empresários, sem reajuste das tarifas aos usuários. (Central de Noticias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.