Morre em São Luís o ex-presidente do Sampaio Corrêa, Geografia

Morre Geografia, ex-dirigente do Sampaio de campanhas vitoriosas | sampaio corrêa | ge

Morreu hoje em São Luís, o ex- diretor de futebol e ex-presidente do Sampaio, José Alberto de Morais Rego, aos 78 anos, mais conhecido no meio esportivo como Geografia.

Ele foi internado em um hospital com Covid-19, conseguiu vencer a doença, mas estava debilitado em caso e sofria com problemas de queda de glicemia. Geografia morreu na residência em que morava com os seus cuidadores.

Geografia foi um dos dirigentes mais vitoriosos no futebol maranhense. Ele comandou o Sampaio, como diretor de futebol na conquista histórica e inesquecível de campeão Brasileiro da Série C, invicto em 1997, na gestão do então deputado estadual e presidente da Assembleia Manoel Ribeiro.

“Eu fiquei triste com essa notícia. É uma pena para o Sampaio e para o futebol brasileiro pois ele fez esse trabalho muito importante para o futebol brasileiro. Eu não gostaria se ser entrevistado para falar sobre essa notícia”, disse o ex-presidente Manoel Ribeiro que foi às lágrimas durante entrevista à Rádio Mirante AM

Geografia formou um time que até hoje é lembrado pelo torcedor boliviano: Geraldo, Erly, Ney, Gelásio e Lelis, Luís Almeida, Renato, Adãzinho e Ricardo. Jó e Marcelo Baron. O time era dirigido pelo técnico Pinho.

Em 1998, Geografia conquistou com o Sampaio o título de campeão da Copa Norte, batendo o São Raimundo, do Amazonas, nos pênaltis. A conquista levou o Sampaio à Conmebol, chegado à terceira colocação nesta competição”.

Geografia foi durante 10 anos presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na época em que o maranhense Domingos José Pires Leal foi vice-presidente da CBF. (Com informações do Zeca Soares)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.