Professores rejeitam proposta de Braide e greve continua por tempo indeterminado em São Luís

Greve! Professores de São Luís fazem ato gigante! - Agência Tambor

Os professores da rede municipal de ensino não aceitaram proposta da Prefeitura de São Luís, que ofereceu 10,06% de reajuste salarial para a categoria. Com a greve mantida, novas rodadas de diálogo devem ocorrer.

A decisão foi tomada durante assembleia geral, na noite desta quarta-feira (20), na Praça Deodoro. O Sindicato dos Profissionais do Ensino Público de São Luís (Sindeducação) informou que a greve se mantém, por tempo indeterminado.

O percentual de 10,06% apresentado é o dobro do que a Prefeitura havia oferecido durante as rodadas de diálogo com o sindicato, e foi apresentado em audiência de conciliação entre as partes, realizada hoje, no Tribunal de Justiça, Centro. O índice seria aplicado aos vencimentos dos professores que recebem acima do piso salarial

Greve dos professores: Prefeitura oferece 10,06% de reajuste salarial para a categoria em São Luís | Maranhão | G1

Segundo o Sindeducação, o valor é muito abaixo do que a categoria reivindica, que é atualização do piso nacional de 33,24% para docentes do nível médio. Esse reajuste foi aprovado pelo governo federal, no dia 4 de fevereiro deste ano, com isso, o piso passou de R$ 2.886 para R$ 3.845.

Professores rejeitam proposta e mantém greve em São Luís | O Imparcial

E para todos os professores de nível superior, a categoria pede 36,56%. Para os que recebem abaixo do piso, a Prefeitura diz que mandou à Câmara Municipal proposta de reajuste em 33%.

Professores da rede municipal deflagram greve em São Luís - Taynara Vieira

Anteriormente, a gestão municipal havia proposto reajuste de 5%, que não foi aceito pelos professores e culminou na decretação de greve por tempo indeterminado, na segunda-feira, 18, mesmo com decisão judicial que considerou a paralisação ilegal.

Confira o vídeo do movimento grevista: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.