Mulher é atacada pelo ex em restaurante, pastor tenta evitar e acaba morto; suspeito é preso no Tocantins

Ex-companheira do criminoso estava almoçando junto com a família do pastor, que foi atingido no peito e morreu na frente da esposa e filha.

Homem (à esquerda) foi preso por suspeita de matar o pastor Gilson Souza Morais (à direita) — Foto: Redes Sociais

A Polícia Militar do Tocantins prendeu na sexta-feira (13) um homem suspeito de matar um pastor que tentou defender uma mulher dentro de um restaurante em Estreito, no Sudoeste do Maranhão.

Segundo a polícia, o pastor foi identificado como Gilson Souza Morais. Ele estava almoçando em um restaurante próximo à Avenida Tancredo Neves, no Centro de Estreito, junto com a esposa, a filha, e uma mulher recém-separada do companheiro.

No local, um homem se aproximou e teria tentado atacar a ex-companheira. Gilson tentou defendê-la e acabou morto com um golpe de faca no peito.

Câmeras de segurança flagraram o criminoso fugindo a pé. Ele foi até a cidade de Nazaré, no Tocantins, onde foi preso ainda durante a tarde e deve ser encaminhado a uma penitenciária. (G1MA)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.