Elefante mata idosa de 70 anos e retorna ao funeral para pisotear seu cadáver

Um elefante matou uma mulher de 70 anos no Estado indiano de Odisha, na quinta-feira (8). No mesmo dia, o animal selvagem apareceu no funeral da vítima para pisotear o cadáver. 

Elefante mata idosa de 70 anos e pisoteia cadáver durante funeral 

De acordo com as autoridades, a história começou quando Maya Murmu estava em um poço coletando água, na vila de Raipal, no distrito de Mayurbhanj. De repente, o elefante apareceu e pisoteou a indiana. A vítima chegou a ser levada para o hospital, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

O policial Lopamudra Nayak relatou à agência de notícias Press Trust of India que o animal teria viajado do santuário de vida selvagem de Dalma, que fica localizado a cerca de 200 quilômetros da vila, até o local do acidente.

Quando a família da vítima estava realizando o funeral e preparando os últimos ritos tradicionais da cultura indiana, o mesmo elefante apareceu e levantou o corpo de Maya, que estava em uma pira funerária. Em seguida, o animal ainda pisoteou o cadáver, enquanto os presentes ficaram assistindo à cena, assustados.

Os familiares só puderam seguir a cerimônia depois que o elefante foi embora. Não há informações se outras pessoas ficaram feridas. Acidentes como esse são comuns de ocorrem em Odisha. A atividade industrial intensiva da região no Estado rico em minerais tem provocado a invasão humana nos habitats naturais, o que aumenta as chances de encontros com animais selvagens

Mortes de elefantes

Odisha também é conhecido por ser um dos locais em que houve maior aumento do número de mortes não naturais de elefantes. De acordo com dados fornecidos pelo chefe  do guarda de vida selvagem do Estado, cerca de 1,35 mil animais desse tipo morreram na região desde 2000.

Ainda segundo os dados, pelo menos 42 mortes de elefantes foram registradas no Estado em apenas sete meses, no período de abril a outubro do ano passado. Além disso, em março deste ano, foi registrado o caso de uma mulher que morreu após ataque de elefante selvagem em uma floresta do distrito de Bilaspur, no Estado de Chhattisgarh. O neto da vítima, de oito anos, também ficou ferido ao tentar fugir, mas sobreviveu.

Outra situação envolvendo esses animais selvagens ocorreu em maio deste ano, quando uma mulher de 40 anos, que estava do lado de fora de sua residência, foi pisoteada até a morte por um elefante. O caso ocorreu em Gudalur, no distrito indiano de Nilgiris.

FONTE: New York Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.