TRAGÉDIA IMINENTE! Água invade ferryboat “José Humberto” durante travessia com chuva

Mais um episódio que comprova as condições desfavoráveis da balsa “José Humberto”, improvisada para navegar como ferryboat na travessia entre a Ilha de São Luís e o continente. Ao cumprir uma das rotas, neste domingo (31), a embarcação teve suas instalações parcialmente inundadas após ser invadida pela água da chuva, que rompeu a estrutura frágil que reveste o teto.

O incidente deixou passageiros indignados e a tripulação completamente atônita, sem saber o que fazer. O jeito foi remanejar os usuários dos locais molhados para outros espaços. A operação transcorreu de forma atabalhoada e sob protestos contra a precariedade da balsa, que antes de ser alugada no Pará e trazida para o Maranhão para operar na travessia aquaviária entre os terminais da Ponta da Espera e do Cujupe, só havia navegado em rios em seus 35 anos de fabricação.

A inundação da balsa pela água da chuva reforça a desconfiança em relação ao aval dado pela Marinha do Brasil para que a embarcação opere no transporte de passageiros entre a capital e a Baixada Maranhense. Será que as vistorias realizadas pela Capitania dos Portos não detectaram a vulnerabilidade do teto à chuva?

Além de por em xeque a autorização concedida pela Marinha, o caso torna ainda mais consistentes os alertas feitos pela promotora de Defesa do Consumidor, Litia Cavalcânti, quanto ao risco das viagens na embarcação alugada e adaptada para navegar como ferryboat. (Blog do Daniel Matos)

Assista vídeos: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.