Radialista acusa prefeito de Imperatriz de agressão; Assis Ramos diz que não tem ‘sangue de barata’

O radialista Justino Filho divulgou nas redes, nesta sexta-feira (10), um vídeo no qual acusa o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), de agressão.

Segundo o comunicador, ele estava na Secretaria de Esportes para conversar com o titular da pasta, Bispo Eudes, quando foi surpreendido pelo democrata.

“De repente o prefeito veio, num ato de covardia, aqui na secretaria, alguém disse para ele, e ele pegou, veio e me agrediu covardemente”, declarou, em vídeo que já circula nas redes.

Nas imagens o radialista aparece com sangramento no supercílio. “Ele não agrediu o Justino, ele agrediu o povo de Imperatriz”, afirmou.

Veja o vídeo abaixo: 

Prefeito Assis Ramos confirma agressão e diz que não tem “sangue de barata’

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), confirmou as agressões contra o radialista Justino Filho. O democrata diz, contudo, que foi provocado e atacado pessoalmente.

“Uma coisa é criticar a gestão, outra é me atacar. Ele há dias vem me chamando de corrupto, dizendo que eu já era corrupto na polícia [Ramos é delegado da Polícia Civil]. E hoje, ele me esculhambou na frente dos meus servidores. Eu não tenho sangue de barata”, declarou.

Assis acrescentou que reagiu de maneira desproporcional, que reconhece o erro e que responderá por ele. Mas ressaltou que não aceita ofensas.

“Ele fazia a mesma coisa com o [ex-prefeito Sebastião] Madeira. Eu sei q tá errado, vou responder pelos meus erros. Mas não vou aceitar isso. Sou pai de família, tenho uma filha de 17 anos, que vai ficar vendo ele me chamar de corrupto? Vai pra Secretaria de Esporte me esculhambar?! Foi provocar lá dentro”, completou. (Com informações  do Gilberto Leda)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *