Atleta maranhense Rayssa Leal avança para as semifinais do Pré-Olímpico de Skate Street

A skatista maranhense Rayssa Leal, juntamente com as atletas Pâmela Rosa e Gabi Mazetto, competem na sexta-feira (01) as quartas-de-finais torneio Pro Tuor de Roma, na Itália.

Mais conhecida como “Fadinha do Skate”, a Skatista Rayssa Leal segue conquistando não só as pistas de skate, mas também o coração dos brasileiros que torcem pelo sucesso da menina de 14 anos.

O torneio atua como uma etapa seletiva para os Jogos Olímpicos do ano de 2024, que serão realizados em Paris. As semifinais da etapa vão acontecer no sábado (2) às 14h, e a final será no mesmo horário, no domingo.

Governo federal bate recorde de denúncias de assédio moral e sexual

Assédio no trabalho

Denúncias de assédio moral ou sexual recebidas por ouvidorias de órgãos do governo federal, como as reveladas pelo Metrópoles e que resultaram na demissão do agora ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, praticamente dobraram nos primeiros seis meses deste ano.

Entre 1º de janeiro e a última quarta-feira (29/6), foram registradas 704 denúncias desses tipos, segundo dados de painel da Controladoria-Geral da União (CGU) analisados pelo Metrópoles. Isso equivale a cerca de quatro queixas por dia.

Desse total, 545 tratam de assédio moral e 85 de assédio sexual.

A quantidade de casos em 2022 é 93% maior em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram computadas 364 denúncias.

Jamais houve tantas queixas como agora, segundo a série histórica da CGU, iniciada em 2015.

Somente no governo de Jair Bolsonaro (PL) – ou seja, desde 1º de janeiro de 2019 –, há registro, até agora, de 2,7 mil manifestações de assédio sexual ou moral. Dessas, 2,3 mil foram respondidas, 106 estão em tratamento e 250 restaram arquivadas.Apenas duas foram encaminhadas para órgão externo

Nesse período, o Ministério da Economia lidera a lista de denúncias recebidas, com 260 manifestações.

Em seguida, aparecem no ranking a própria CGU (105), o Ministério da Educação (103), a Universidade Federal de Goiás (81), o Ministério da Justiça e Segurança Pública (65) e o Ministério da Saúde (62).

Assédio na Caixa

Desde o início da série histórica, não há registros, contudo, de denúncias de assédio moral e sexual no âmbito da Caixa Econômica Federal.

A CGU e o banco foram procurados para esclarecer essa suposta falta de dados, mas não se manifestaram até a última atualização desta reportagem. O espaço segue aberto.

Um grupo de funcionárias decidiu romper o silêncio e denunciar as situações pelas quais passaram. Todas elas trabalham ou atuaram em equipes que servem diretamente ao gabinete da presidência da Caixa.

As mulheres relatam toques íntimos não autorizados, abordagens inadequadas e convites heterodoxos, incompatíveis com o que deveria ser o normal na relação entre o presidente do maior banco público brasileiro e funcionárias sob seu comando.

A iniciativa dessas mulheres levou à abertura de uma investigação que está em andamento, sob sigilo, no MPF.

Google vai distribuir 500 mil bolsas de estudos; saiba como se candidatar

Escritório do Google em São Paulo — Foto: Divulgação/Google 

O Google anunciou em junho que distribuirá 500 mil bolsas de estudo de cursos com o objetivo de formar profissionais em áreas com alta demanda no mercado de trabalho. Na primeira etapa, a empresa oferecerá 30 mil bolsas e as inscrições devem ser feitas até 13 de julho.

Os interessados podem se candidatar às bolsas no site do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), parceiro do Google na iniciativa, disponível neste link.

Há quatro cursos disponíveis, que têm cerca de 200 horas de aulas cada um e podem ser feitos pela internet no ritmo de cada aluno. O CIEE recomenda reservar cerca de 1h30 por dia para concluir o curso nos seis meses em que ele ficará disponível.

Veja mais sobre o programa de bolsas de estudos em cursos de tecnologia do Google.

Quais são os cursos oferecidos?

Veja os quatro cursos disponíveis e as atuações dos profissionais de cada área, segundo o Google:

  • Suporte de TI: solucionam problemas para que computadores e redes funcionem corretamente;
  • Análise de dados: coletam, transformam e organizam dados para ajudar a tomar decisões de negócios informadas;
  • Gerenciamento de projetos: garantem que projetos dentro de uma organização sejam gerenciados e concluídos com um valor máximo;
  • Design UX: tornam produtos digitais e físicos mais fáceis e agradáveis de usar.

O primeiro estava disponível desde 2019 e os demais foram liberados pelo Google no Brasil em maio deste ano.

Todos estão disponíveis na plataforma de ensino Coursera. Os cursos podem ser feitos por qualquer pessoa que pagar a assinatura na plataforma, mas serão gratuitos para quem receber as bolsas de estudo. A previsão é de que eles sejam liberados aos bolsistas a partir de agosto.

Quem pode se candidatar?

Segundo o CIEE, que selecionará e acompanhará os alunos, é preciso cumprir alguns requisitos para ser considerado para a bolsa:

  • Ter a partir de 18 anos;
  • Ser estudante ou formado no ensino médio ou curso técnico, ou estar cursando ensino superior;
  • Ter interesse em aprender e/ou trabalhar com tecnologia;
  • Ter um dispositivo com acesso à internet;
  • Ter conta de e-mail para se inscrever no processo seletivo, fazer o cadastro na plataforma, fazer a matrícula no curso e receber as comunicações;
  • Não ser colaborador ou estagiário do CIEE, Google ou Coursera.

A entidade afirma que não é preciso ter experiência ou conhecimento prévio no conteúdo dos cursos e que dará prioridade a pessoas negras, LGBTQIA+, mulheres e a população de baixa renda.

Das 30 mil bolsas oferecidas nesta etapa, 2 mil serão destinadas para pessoas transexuais. Segundo o Google, o objetivo é incentivar a inclusão social e no mercado de trabalho.

Um levantamento da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) aponta que apenas 0,02% desse grupo está na universidade, enquanto 72% não possuem ensino médio e 56%, ensino fundamental.

 Como se candidatar?

O processo de inscrição e seleção será feito pelo CIEE One, uma plataforma que reúne testes para os interessados entenderem se o seu perfil combina com o perfil do curso.

Se houver um “match”, basta se candidatar no curso e aguardar uma resposta sobre a liberação ou não da bolsa. A plataforma também é usada em outros processos seletivos organizados pelo CIEE.

Os selecionados para as bolsas do Google poderão realizar o curso em até seis meses, período em que terão uma monitoria exclusiva que os ajudará no andamento das aulas. Após a conclusão, os alunos receberão um certificado emitido pela Coursera.

Brandão retorna ao Maranhão e assume o governo do estado nesta sexta-feira

Governador Carlos Brandão fala sobre sua recuperação: 'cada organismo tem uma reação diferente'

O governador Carlos Brandão (PSB) comunicou em suas redes sociais que está  retornando para o Estado do Maranhão e reassumirá o comando do Palácio dos Leões nesta sexta-feira (1º). Brandão revelou que já recebeu alta médica nesta quinta-feira (30).

O governador Carlos Brandão está fora do Maranhão desde o dia 17 de maio. O socialista foi para São Paulo fazer um procedimento cirúrgico para a retirada de um cisto em um dos rins.

Confira a postagem do governador noi Twitter: 

Multidão comparece em dois dias de festa junina organizada por Osmar Filho no São Francisco

Milhares de pessoas prestigiaram o arraial “Festa na Praça”, organizado pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), nesta semana, no bairro do São Francisco. Realizado nos dias 28 e 29, na Praça Frei Antônio Sinibaldi, na Av. Ferreira Gullar, o arraial contou com apresentações de quadrilhas, grupos de cacuriá e bumba meu boi e shows de forró, além de disponibilizar um espaço kid’s para a criançada que compareceu ao local.

Entre as apresentações folclóricas que animaram o público presente estiveram o grupo Lamparina, Boi Barrica, Boi de Maracanã, Boi da Maioba, Boi de Santa Fé, entre outros. “É uma alegria participar desta festa promovida pelo vereador Osmar”, afirmou o presidente do Boi Pirilampo, Renato Dionísio.

Morador do bairro, o pedreiro Joenilson Santos, disse que adorou o arraial: “Estou achando maravilhoso, porque saí do serviço e vim pra cá me divertir”. Da mesma forma, a dona de casa Domingas Jansen destacou, particularmente, a programação e, ainda, o fato de o arraial estar localizado perto de sua casa, o que descartou a possibilidade do seu deslocamento para outros pontos da cidade.

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, criança e pessoas em pé

Osmar Filho falou da sua alegria em poder proporcionar ao bairro do São Francisco esse momento de exaltação à cultura do Maranhão. “Nós sabemos o quanto os moradores do São Francisco gostam e precisam de momentos de lazer como este. Sem falar que eventos desta natureza ajudam a impulsionar a economia local. Agradeço a Deus por eu poder oportunizar isto ao bairro”, disse o pedetista, lembrando que há dois anos a festa não era realizada devido a pandemia do Covid.

Pode ser uma imagem de 5 pessoas, pessoas em pé e área interna

O senador Roberto Rocha (PTB), o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL) e diversas outras autoridades também passaram pelo arraial, como os vereadores Álvaro Pires (PMN) e Silvana Noely (PTB) e, o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Liviomar Macatrão. O vereador agradeceu ao apoio de todos, sobretudo, do senador Weverton (PDT), de Josimar Maranhãozinho e da Prefeitura de São Luís, que abraçaram esse projeto focado em valorizar a cultura do estado.

Pode ser uma imagem de 3 pessoas, pessoas em pé e área interna

FOTOS E VÍDEOS: Bandidos estouram carro-forte e roubam R$ 5 milhões no interior do Maranhão

Na manhã desta quarta-feira (29), criminosos fortemente armados atacaram e explodiram um carro-forte da empresa de transporte de valores Cefor, no povoado Piratininga, na zona rural de Bacabal, município localizado a 255 km de São Luís.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Jair Paiva, os criminosos atiraram no carro-forte e ordenaram que os seguranças descessem do veículo. Em seguida, os bandidos explodiram o carro-forte e fugiram com o dinheiro.

Segundo informações da polícia, o assalto teria rendido aos criminosos cerca de 5 milhões de reais. . Em seguida, durante diligências, os policiais encontraram uma caminhonete queimada na região.

O superintendente de Investigações Criminais, delegado Augusto Barros, disse que a equipe do Departamento de Combate a Roubo a Instituições Financeiras (Decrif) já foi encaminhada para a região para investigar o caso.

As diligências da Polícia Militar continuam por toda a região até que os criminosos sejam localizados e presos. Há suspeitas de que eles possam estar homiziados em alguma propriedade ou mesmo embrenhados no matagal. (Com informações do Gilberto Lima)

Confira os vídeos: 

Wesley Safadão comunica afastamento dos palcos e internação para tratar problema de saúde

Tocantins contrata Safadão por R$ 630 mil para show pago com emendas  parlamentares

O cantor Wesley Safadão informou por meio de suas redes sociais que está se afastando dos palcos para tratar um problema de hérnia de disco entre a terceira e a quarta vértebra, ocasionando compressão das estruturas neurológicas por isso ele permanecerá internado para tratar o problema.

De acordo com o artista, ele vai estar fora dos palcos até o dia 6 de julho, quando será feita uma nova avaliação.

Confira o comunicado: 

Caso da morte do menino Henry: Justiça determina volta de Monique a prisão

A professora Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, deverá voltar para o regime prisional fechado. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (28), proferida pela 7ª Câmara Criminal. Na decisão, os magistrados determinaram o retorno da professora a cadeia. Ela deverá ser encaminhada a uma unidade especial, da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros, devido às supostas ameaças que havia recebido no presídio.

Caso Henry: Justiça determina volta de Monique para a cadeia

Os desembargadores acolheram recurso do Ministério Público contra decisão de primeira instância que havia determinado que Monique fosse transferida para endereço não conhecido em razão de supostas ameaças recebidas no presídio.

Por medida de segurança, Monique será transferida para um batalhão prisional, até que sejam apuradas as ameaças que teriam sido feitas por outras presas.

Para o desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, relator do processo, o fato de ela estar em local sigiloso faz com que não possa haver fiscalização pelo Ministério Público, assim como dificulta que o Estado possa assegurar sua integridade.

O magistrado destacou ainda haver o que classificou como uma “quimera jurídica” no caso, por não poder se confundir prisão domiciliar com monitoração eletrônica, em uma situação tida como híbrida.

Caso Henry Borel: Justiça determina volta de Monique Medeiros para a prisão - Brasil 247

Ele analisou ainda que, na decisão de primeira instância, foi concedida liberdade sem determinação de alvará de soltura e que não houve comprovação das ameaças alegadas pela defesa de Monique para a concessão da medida.

O magistrado lembrou também que a acusação a que a ré responde é por homicídio praticado com tortura, havendo, no caso, violência extremada, sendo um crime hediondo.

A defesa de Monique foi procurada, mas até a publicação desta matéria ainda não havia se pronunciado.

Monique Medeiros é acusada do assassinato do próprio filho, Henry Borel, junto com o ex-vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, seu companheiro na época da morte da criança, em março do ano passado.

Paulo Victor é um dos responsáveis pelo crescimento de Brandão nas pesquisas eleitorais

O Instituto Econométrica apontou nesta terça-feira (28), uma liderança com folga – acima da margem de erro – do governador Carlos Brandão (PSB), na disputa pelo Governo do Maranhão. A oposição logo tentou desmerecer os números, argumentando que o chefe do executivo está mais de mês fora do estado por conta de tratamento de saúde.

Após eleição de Paulo Victor, vereadores são recebidos por Brandão - Gilberto Léda

No entanto, eles esquecem que mesmo internado no Hospital Beneficência Portuguesa em São Paulo, Brandão sempre teve total consciência do que está sendo feito e ainda mantém uma agenda permanente de reuniões com secretários, e dentre eles, deve-se destacar a eficiência de Paulo Victor que recebeu a missão de realizar o maior São João do Brasil e está desenvolvendo com maestria, sendo um dos motivos responsáveis por alavancar a popularidade do governador.

Paulo Victor assumiu a Secretaria de Cultura e colocou ela na máxima potência, ocupando espaços que não estavam sendo utilizados e realizando um pré-São João nas tardes de domingo com os “reencontros” com as apresentações juninas.

Entre abril e maio, Paulo Victor ocupou a Concha Acústica na Lagoa da Jansen, realizou cortejos na Ponte do São Francisco, Ponta d´Areia e no Centro de São Luís, assim como decorou o monumento Os Pescadores na Avenida Litorânea e a Praia Grande. Todas essas ações movimentaram esses espaços, proporcionando atração de moradores e turistas, gerando emprego e renda para economia local.

No tão esperado mês de junho, os arraiais da Vila Palmeira, Ceprama, IPEM, Nauro Machado e tantos outros estão coroando a grande festa. O maranhense está alegre com tantas festividades e o turista encantando com as belezas do Maranhão.

Além da programação cultural, que é de total responsabilidade da Secretaria de Cultura, Paulo Victor fez o dever de casa, passado por Carlos Brandão e articulou com as demais Secretarias, garantindo assim Segurança, Mais Renda e muito mais nas festas juninas.

Faltando nove meses para data da posse, Paulo Victor é eleito presidente da Câmara de São Luis | Maranhão Hoje

Vale lembrar que um dos primeiros anúncios de Carlos Brandão ao assumir o Governo do Maranhão no dia 2 de abril de 2022, foi garantir que o São João duraria dois meses e que ele tinha o maior compromisso com a Cultura e o Turismo (leia-se economia), do estado. Por isso, natural que o governador também esteja presente em todos os arraiais através dos seus vídeos gravados diretamente de São Paulo.

Carlos Brandão com toda certeza gostaria de estar vivendo de perto toda essa energia, mas quis o destino lhe colocar um cisto no rim no meio do caminho, portanto nada mais justo do que fazer presente nos arraiais, a figura do grande idealizador de tudo isso e mais uma vez Paulo Victor mostrou sua eficiência e sensibilidade ao garantir o devido espaço ao governador.

Por isso, que os números, hoje, apresentados na pesquisa Econométrica são resultados de uma peça fundamental nessa engrenagem do crescimento de Carlos Brandão, que é o secretário de Cultura Paulo Victor. (Com informações do jornalista Diego Emir)